Editor-Chefe: Jota Marcelo

Uruaçu, Estado de Goiás, 18 de maio 2019

Café da manhã celebra o ‘Dia da Mulher’ na Secretaria de Desenvolvimento Social

De Rosi Guimarães, superintendente executiva da Mulher e Igualdade Racial, ao discursar no evento: “Nossos direitos não foram totalmente alcançados, muita coisa ainda precisa acontecer” – Fotos: André Bianchi/SEDS

 

Secretário Marcos Cabral: “Este Governo tem um compromisso de atender a quem mais precisa e neste contexto as mulheres ganham um espaço especial, pela sua importância no seio familiar e da sociedade”

 

Evento reuniu cerca de trezentas pessoas, entre autoridades, servidores e convidados

 

Autoridades e personalidades da sociedade participaram da homenagem

 

A Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDS) realizou na sexta-feira 8, um café da manhã para celebrar o Dia Internacional da Mulher. A iniciativa, realizada no estacionamento da Pasta do Governo de Goiás, na Praça Cívica, em Goiânia, reuniu cerca de três centenas de pessoas, entre autoridades, servidores e convidados.

O evento foi aberto com uma bênção religiosa proferida pelo pastor Antônio Soares, da Igreja Assembleia de Deus – Campo Jardim América e, pelos padres Ronaldo Silva e Roberto José da Silva, ambos da Paróquia São Francisco de Assis, sediadas na capital goiana, que reforçaram a importância da figura feminina na sociedade.

Em sua fala de abertura, o secretário estadual Marcos Cabral parabenizou as mulheres pela luta por conquistas de direitos e destacou as primeiras ações do da estadual do Estado para as mulheres, como a reforma da Primeira Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), no Centro de Goiânia e, a cessão de servidores administrativos e especializados para aprimorar o atendimento realizado pela unidade.

Citou, em especial, o Pacto Goiano pelo Fim da Violência Contra a Mulher, colegiado que reúne representantes governamentais estaduais, o Poder Judiciário e organizações da sociedade civil. O Pacto foi anunciado oficialmente pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) em entrevista à rádio 99,5 FM na mesma data.

“Este Governo tem um compromisso de atender a quem mais precisa e neste contexto as mulheres ganham um espaço especial, pela sua importância no seio familiar e da sociedade. O Pacto é uma das ações que realizaremos, com o apoio de todos, para tirar Goiás do triste ‘ranking’ de feminicídios no Brasil”, disse Marcos Cabral.

 

Conquistas

Integrante da mesa de abertura do evento, a superintendente executiva da Mulher e Igualdade Racial da SEDS, Rosi Guimarães, abordou as conquistas históricas das mulheres no Brasil e da importância de continuar a luta pela garantia e ampliação de direitos.

“Temos que comemorar todas as nossas conquistas. Ao sair de casa e ter o direito de trabalhar, o direito ao voto, a Lei Maria da Penha e a alteração do Código Penal com a lei do feminicídio, enfim. Tudo isso foram conquistas feitas por nós mulheres e temos que comemorar essas vitórias, mas a luta não acaba aqui. Nossos direitos não foram totalmente alcançados, muita coisa ainda precisa acontecer”, disse Rosi.

A delegada titular da DEAM de Goiânia, Paula Meotti, evidenciou o trabalho da Delegacia no apoio às mulheres e chamou a atenção para a importância de a mulher não se calar frente à violência.

“Precisamos refletir sobre o papel da sociedade e do posicionamento da mulher frente a ela mesma e aos relacionamentos, para que não se submetam a situações abusivas e de violência. Mas, precisando, elas devem procurar a Polícia, registrar ocorrência porque vai ter um desdobramento, e elas podem sentir-se seguras em nossa cidade”, afirmou a delegada.

 

(Informações, sob adaptações e acréscimo de dados: Assessoria de Imprensa/SEDS)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!