Editor-Chefe: Jota Marcelo

Uruaçu, Estado de Goiás, 13 de dezembro 2018

Doenças negligenciadas são combatidas em mais nove Municípios

Gestores e profissionais de saúde dos nove Municípios que integram a Região de Saúde Serra da Mesa reúnem-se neste 30 de agosto, em Uruaçu, com o propósito de discutir e elaborar um plano de ação para reduzir índices de enfermidades negligenciadas nesta parte de Goiás, entre as quais doenças de Chagas, tuberculose, hanseníase, leishmaniose visceral e tegumentar, tracoma e febre maculosa. No encontro também serão discutidas ações contra as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, em especial zika, dengue e chikungunya.

O evento vai acontecer das 8h às 17h, no auditório do Instituto Federal de Goiás (IFG). Estão confirmadas as presenças da superintendente de Vigilância em Saúde da SES-GO, Maria Cecília Martins Brito; da superintendente de Políticas de Atenção Integral à Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), Evanilde Fernandes Gomides, do secretário municipal de Saúde de Uruaçu, David Damacena (foto da página principal), entre outros representantes de instituições e entidades civis uruaçuenses.

 

Serra da Mesa

A região é a segunda no Estado em que a SES-GO tem executado trabalho de base para atenuar os elevados índices das doenças negligenciadas. Ao longo do ano passado e em meados de 2018, a mesma estratégia foi desenvolvida com êxito na Região de Saúde Nordeste 1, com sede em Campos Belos.

Maria Cecília informa que por meio desse grande encontro, a Secretaria procura ampliar e fortalecer a rede de atendimento e conceder apoio institucional para a prevenção, o diagnóstico e tratamento das pessoas acometidas com doenças negligenciadas.

São caracterizadas como doenças negligenciadas aquelas que afetam a população dos Países em desenvolvimento e que persistem ao longo de décadas.

A Região de Serra da Mesa é composta pelos Municípios de Alto Horizonte, Amaralima, Campinorte, Colinas do Sul, Hidrolina, Mara Rosa, Niquelândia, Nova Iguaçu de Goiás e Uruaçu, com população estimada em 125.947 habitantes.

A reunião do dia 30 de agosto é a segunda a ser realizada em Uruaçu. No fim de julho, os técnicos da SES-GO reuniram-se com os prefeitos de tais redutos para expor a estratégia e sensibilizá-los sobre a questão e firmar as parcerias fundamentais para o sucesso da iniciativa em prol da população.

Na oportunidade, Maria Cecília apresentou aos gestores análise da situação de saúde nos nove Municípios, na qual estão incluídos dados como cobertura vacinal, agravos que mais acometem a população e principais causas da mortalidade nos Municípios e no Estado.

 

(Informações, sob adaptações: Comunicação Setorial da SES-GO – Foto: Márcia Cristina/Jornal Cidade)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!