Sinvaline Pinheiro ganha título de ‘Doutora Honoris Causa’ da UEG

Natural de Uruaçu, escritora, poetisa, memorialista, coordenadora-geral do Memorial Serra da Mesa (existente desde o ano 2008), defensora do meio ambiente e muito mais, Sinvaline Pinheiro (esq.) teve a honraria aprovada, via maioria absoluta, na tarde deste 28 de junho de 2021.

 

Sinvaline Pinheiro (esq.): agora, Doutora Honoris Causa pela UEG – Fotos (Arquivos), inclusive a da página principal: Márcia Cristina/JORNAL CIDADE

 

Doutora Sinvaline Pinheiro, em junho de 2011, recebendo Moção de Aplausos da Câmara Municipal de Uruaçu, em iniciativa do vereador Pastor Noraldino

 

Sinvaline Pinheiro, nova Doutora: dedicação ao meio ambiente, ao segmento indígena, dentre outras iniciativas

 

Uma Doutora apaixonada pelo Memorial Serra da Mesa

 

Indicada, por maioria absoluta, pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) uruaçuense, agora denominado Câmpus Norte, em 2016, Sinvaline Pinheiro teve a aprovação durante plenária da instituição de ensino superior pertencente ao Governo de Goiás.

O Conselho Superior Universitário da Universidade Estadual de Goiás (CSU|UEG) se reuniu na citada data, durante a 120ª sessão plenária, ocasião em que apresentou o trabalho dela e justificou o parecer positivo (dividido em seis pilares).

Foram apresentados diversos fundamentos (pilares), inclusive testemunhais.

Diferentes conselheiros, inclusive Edson Arantes Junior (Professor Edson) – diretor do Câmpus Norte –, fizeram uso da palavra, constantes de relatos e elogios para o trabalho da agora Doutora.

No instante da votação, 33 de um total de 33 votantes responderam sim ao reconhecimento diante da militante cultural da cidade do Norte goiano. Em data a ser agendada, Sinvaline Pinheiro receberá a agraciação.

 

Atuação no Memorial

Destaque máximo para o fato de a mesma atuar como memorialista e o vasto trabalho desenvolvido à frente do Memorial, antes mesmo da existência do mesmo. Ou seja: é uma das idealizadoras do espaço.

Professor Edson disse ao JORNAL CIDADE que o título “representa o mais alto título honorífico que uma Universidade pode oferecer a alguém! Destaca sua presença na história de Uruaçu”.

De Sinvaline Pinheiro ao JORNAL CIDADE, ao ser questionada sobre como se sente: “Estou emocionada. Não sei se mereço tudo isso!”.

O JORNAL CIDADE publicará reportagem ampliada sobre a concessão do título honorífico para Sinvaline Pinheiro.

Ouça, clicando no título: Professor Edson, diretor do Câmpus Norte da UEG, comenta honraria destinada para Sinvaline Pinheiro

 

(Jota Marcelo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!