Chiquinho volta a presidir Legislativo uruaçuense

Integrante da base aliada do prefeito Valmir Pedro (PSDB), Francisco Carlos de Carvalho (Chiquinho) (PSL) volta à presidência da Câmara de Vereadores de Uruaçu – seu primeiro comando foi em 2009. Na disputa com Gordin Eventos (Cidadania), sete votos a seis.

 

Chiquinho (esq.): presidência da Câmara, após 12 anos. Com ele, os demais integrantes da mesa diretora 2021: Rony Piettro, vice-presidente; Edivaldo França, primeiro-secretário; Fábio Vasconcelos, segundo-secretário; Célia Bueno, primeiro suplente; e, Edimar Elias, segundo suplente – Fotos: Zenilton/Uruaçu Informa

 

Sessão inicial do ano transcorreu dentro de importante cordialidade

 

Evento foi realizado no plenário da Casa de Leis

 

Por sete votos a seis, o vereador Francisco Carlos de Carvalho (PSL) se elegeu presidente da Câmara Municipal de Uruaçu para o exercício 2021, em pleito interno de votação secreta realizado dia 1º de janeiro de 2021, no plenário, durante sessão eletiva.

Pontuando que comandará a Casa de Leis até 31 de dezembro com dedicação, o popular Chiquinho agradeceu as oportunidades para tal feitio, graças ao apoio do eleitorado e, na questão presidencial, de outros colegas legisladores. Da mesma forma, relembrou, aconteceu em se tratando da legislatura 2009-2012, quando o mesmo foi o responsável pelo órgão no ano inicial.

Concorrendo com ele e da base opositora, Jullison Sousa Lopes (Gordin Eventos) (Cidadania) teve candidatura respeitada e valorizada, enaltecendo o processo democrático tradicional da Casa, onde geralmente ocorrem disputas, ao contrário de outras Câmaras com habituais eleições através de chapas únicas.

Mesmo com votos confidenciais, é possível identificá-los devido as frentes partidárias.

Votaram em Chiquinho, além dele: Célia Bueno (PSL), Domingas Quilombola (Solidariedade), Edimar Elias (Republicanos), Edivaldo França (Republicanos), Fábio Vasconcelos (Solidariedade) e Paulo Cantor (PSD).

Gordin Eventos recebeu votos dele próprio e, de Bia (Cidadania), Eloi dos Santos (Democratas), Jhonatha Fernandes (Podemos), Michel Mindlin (Democratas) e Rony Piettro (Democratas).

Chiquinho quis franquear a palavra a todos os pares, mas o regimento interno não permite. No período 2017-2020, ele atuou como vereador entre 3 e 31 de dezembro, por causa do falecimento de Alacir Freitas Carvalho (Sil), em 26 de novembro.

 

Outros cargos

Da mesma forma, as vagas dos demais cargos foram definidas por meio de votação, com duas frentes na disputa.

Rony Piettro, que concorreu ao cargo de vice-presidente (sem apresentação de nomes para as outras funções), foi eleito, somando sete votos a seis em disputa com Domingas Quilombola.

Completam a chapa, listada a seguir, mais quatro integrantes que auxiliam o presidente neste ano.

Contabilizando o presidente Chiquinho e o vice Rony Piettro, assim ficou composta a nova mesa diretora da Câmara Municipal de Uruaçu, para trabalhar durante 2021:

 

Chiquinho: presidente

 

Rony Piettro: vice-presidente

 

Edivaldo França: primeiro-secretário

 

Fábio Vasconcelos: segundo-secretário

 

Célia Bueno: primeiro suplente

 

Edimar Elias: segundo suplente

 

Comissões

Dentro da quinzena inicial de janeiro, Chiquinho convocará reunião para formação das Comissões Permanentes 2021 do Legislativo.

Elas são seis e têm movimentação praticamente o ano inteiro, recepcionando, analisando, debatendo, aprovando e rejeitando pretensões do Executivo e do Legislativo.

Além dos vereadores já identificados com fotos por esta reportagem, os demais são (completando 13 [para a nova Câmara, apenas dois vereadores foram reeleitos: Bia e Rony Piettro]):

 

Bia

 

Domingas Quilombola

 

Eloi dos Santos

 

Gordin Eventos

 

Jhonatha Fernandes

 

Michel Mindlin

 

Paulo Cantor

 

Leia também: Uruaçu: Valmir Pedro diz que segunda gestão tem responsabilidade maior

 

(Jota Marcelo e Márcia Cristina)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!