Ceasa Goiás tem novo presidente

Ex-prefeito de Jaraguá, Lineu Olímpio assume a companhia no lugar de Wilmar Gratão. Entre outras ações, afirma que vai buscar aproximação de todos segmentos que compõem a Central de Abastecimento.

 

Lineu Olímpio assume Ceasa Goiás com missão de modernizar o entreposto e aproximar os diversos segmentos da Companhia – Fotos (mais a da página principal): Vasconcelos Neto/Ceasa Goiás

 

Entre as experiências profissionais públicas de Lineu Olímpio, está o exercício do cargo de prefeito de Jaraguá por dois mandatos (época desse registro fotográfico, em Brasília, durante evento municipalista) – Foto (Arquivo): Marcello Dantas/ Marcello Dantas/www.instagram.com/levephotoart

 

O engenheiro Lineu Olímpio de Souza assumiu, nesta quinta 18 de fevereiro, a presidência da Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa). Ele é engenheiro por formação e foi prefeito de Jaraguá, cidade do Vale do São Patrício goiano, por dois mandatos (2005 a 2012). Desde 2019, estava no cargo de assessor especial da Secretaria Especial da Governadoria, onde desempenhava a função de articulador junto aos gestores de ações de interesse do Governo de Goiás.

Em sua carreira pública, Lineu Olímpio também ocupou os cargos de diretor administrativo, financeiro e de fiscalização da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em 2014 e 2015 e, de presidente da mesma empresa, de 2015 a 2016. Também foi vice-presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), no biênio 2008/2010, e secretário das Pastas de Comunicação; e, Obras em Jaraguá.

 

Missão

Ele substitui o trindadense Wilmar Gratão e, afirma que usará a sua experiência junto à Conab para modernizar a Ceasa Goiás, já que, na época de sua gestão na Companhia federal, manteve contato com as grandes Centrais de Abastecimento do País, tendo, então, conhecido projetos de sucesso que poderão ser aplicados em Goiás. O novo comandante diz pretender uma maior aproximação da Ceasa com concessionários, permissionários, produtores e trabalhadores do entreposto de modo geral.

O presidente afirmou que buscará parcerias para garantir apoio técnico ao produtor que comercializa na Central e, com isso, otimizar a qualidade do serviço oferecido e a produtividade no campo. Lineu se mostra preocupado em fazer com que os produtos cheguem aos mercados da Ceasa atendendo aos critérios ambientais e de sustentação, como o do uso correto da água, entre outros.

 

(Informações, sob adaptações: Assessoria de Imprensa/Ceasa Goiás)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!