Tecnologia 5G deve injetar mais de R$88 bilhões no comércio brasileiro até 2035

Representando o Ministério no Painel Telebrasil 2022, a secretária de Telecomunicações, Nathalia Lobo, discorreu sobre a chegada do 5G e como o varejo, a indústria e agronegócio serão impactados pela tecnologia.

 

O Ministério das Comunicações (MCom) participou do Painel Telebrasil 2022, na terça 3 de maio, em Brasília-DF, que discutiu o impacto da conectividade no setor financeiro do Brasil. A secretária de Telecomunicações, Nathalia Lobo, destacou estudo da Nokia indicando que a chegada do 5G no País será responsável pela geração de um valor econômico total de R$1,2 trilhão até 2035, dos quais, R$88 bilhões correspondem ao montante gerado no varejo.

Além do impacto no comércio varejista, a secretária do MCom lembrou que diversos setores serão afetados pela chegada da tecnologia, “principalmente a indústria e o agronegócio”. Ela exemplificou essa transformação com a cobertura de 35 mil quilômetros de rodovias federais com internet de alta velocidade, compromisso assumido pelas operadoras vencedoras do leilão do 5G realizado em novembro do ano passado.

 

Internet das Coisas

Para Nathalia, a logística de cargas contará com veículos autônomos, monitoramento online, documentos digitalizados e a Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) para garantir mais segurança aos funcionários e produtos. “Não é só mais um ‘G’. Vamos sair de uma banda larga para uma internet massiva, com vários dispositivos integrados e otimização de estoques, tudo para conseguir chegar ao consumidor final de uma forma mais inteligente!”, afirmou.

Ela lembrou que a tecnologia 5G chega a todas as capitais brasileiras ainda este ano e a todas as demais cidades até o final da década. “A intenção é promover inclusão digital para os brasileiros que ainda não possuíam acesso à conectividade, gerando uma nova demanda para o comércio eletrônico”, afirmou a secretária.

Ao lado de Nathalia, compartilharam a secretária Especial de Produtividade e Competitividade do Ministério da Economia, Daniella Marques; o diretor da Câmara Brasileira da Economia Digital; o diretor de Vendas, Indústria e Comércio da Oi Soluções, Luís Ramos; e, o vice-presidente de TI e Transformação da Rede Pague Menos.

 

(Informações: Assessoria Especial de Comunicação Social do MCom)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!