Editor-Chefe: Jota Marcelo

Uruaçu, Estado de Goiás, 15 de setembro 2019

Semenya perde processo na Corte Arbitral do Esporte e não poderá correr entre as mulheres

Corredora sul-africana, bicampeã olímpica, produz naturalmente testosterona em alta escala e Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) a proíbe de competir internacionalmente.

Leia a reportagem aqui.

 

(Informações: Por GloboEsporte.com — Lausanne, Suíça)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!