Selo marca os 100 anos da obra ‘Ulysses’

O centenário da publicação coincide, também, com o nascimento do Estado Irlandês independente, com o bicentenário de Independência do Brasil e outros acontecimentos.

Criada pelo designer Daniel Effi, a arte da folha traz, ao fundo, o mapa de Dublin, com as localidades onde ocorrem os episódios da obra de James Joyce – Imagem: Divulgação/Correios

 

Os Correios lançaram, na quinta 16 de junho, a Emissão Postal Comemorativa Série Relações Diplomáticas: Brasil – Irlanda – Centenário da primeira publicação da obra Ulysses, em evento ocorrido na residência oficial do embaixador em Brasília-DF, Sr. Seán Hoy, que recepcionou o presidente dos Correios, Floriano Peixoto, o cônsul geral da Irlanda, Eoin Bennis, entre outros convidados e autoridades.

A data escolhida, conhecida internacionalmente como Bloomsday, homenageia o protagonista do romance modernista Ulysses, que completa 100 anos de leituras e discussões. Em suas quase novecentas páginas, o escritor irlandês James Joyce retrata a saga de Leopold Bloom por diversos pontos de Dublin, capital irlandesa, no dia 16 de junho de 1904.

Inspirada em episódios da Odisséia, de Homero, o texto marcou o modernismo literário com seu humor irreverente, uso da técnica de fluxo-de-consciência e mudanças de estilos. Não por acaso, o livro se consagrou como uma das mais relevantes composições em prosa de língua inglesa de todos os tempos e uma das mais importantes obras do século XX.

O centenário da publicação coincide, também, com o nascimento do Estado Irlandês independente – que ocorreu após a transferência simbólica de poder do Governo Britânico para a Irlanda, em 16 de janeiro de 1922, duas semanas antes da publicação do romance –, e, com o bicentenário de Independência do Brasil.

Além disso, as duas Nações também compartilham outros vínculos históricos relevantes, como o casamento entre a irlandesa Narcisa Emília O’ Leary e José Bonifácio de Andrada, um dos fundadores de Independência brasileira; a visita de Dom Pedro II à Irlanda em 1877; o trabalho do irlandês Roger Casement, que fez campanha pelos direitos das comunidades indígenas na região Amazônica; e, a dedicação de décadas de missionários irlandeses, que continuam servindo e apoiando comunidades em todo o Brasil.

 

Selo

Criada pelo designer Daniel Effi, a arte da folha traz, ao fundo, o mapa de Dublin, com as localidades onde ocorrem os episódios da obra de James Joyce. Em jogo tipográfico, o selo em verde e laranja – cores da bandeira da Irlanda –, destaca a expressão Ulysses 100 Anos e os dizeres Yes, última palavra do romance.

Com tiragem de 64 mil selos e valor facial de R$2,60 cada, esta emissão está à venda na loja virtual e nas principais agências do País.

 

(Informações: Correios/Assessoria de Imprensa da Superintendência Estadual de Goiás)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!