Morava na Inglaterra – Mulher que foi internada após procedimento para aumentar o bumbum morre em hospital de Anápolis

Delegada disse que biomédico se apresentou como falso médico à cliente e contou com a ajuda de um estudante de medicina para fazer a intervenção em clínica clandestina. Ronilza Johnson morava na Inglaterra e fez a aplicação quando viajou ao Brasil para visitar o pai.

 

Ronilza Johnson, de 46 anos, morreu na noite de sábado 1º de maio, após ter complicações por causa de procedimento estético para aumentar o bumbum em clínica clandestina de Anápolis – Foto: Portal G1 – Reprodução/TV Anhanguera

 

Leia reportagem aqui.

 

(Por Rafael Oliveira, G1 GO)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!