Estádio Serra Grande: Professor Gigi propõe e Câmara aprova homenagem a Ezecson Fernandes

Jornalista, Ezecson Fernandes de Sá será homenageado postumamente no estádio municipal Domingos Venâncio de Almeida, mais conhecido como Serra Grande, situado em Uruaçu e que apresenta reforma e restauração – sonho antigo dos futebolistas –, graças a uma emenda parlamentar da então deputada federal goiana Raquel Teixeira.

 

Serra Grande/no espaço dos cronistas, homenagem para um dos maiores comunicadores do Norte goiano: Ezecson Fernandes de Sá – Foto (Arquivo): ASCOM/Prefeitura. – Foto da página principal (Arquivo): Márcia Cristina/JORNAL CIDADE

 

Ezecson Fernandes de Sá recebe homenagem no estádio Serra Grande – Foto: Márcia Cristina (JORNAL CIDADE)

 

Vereador Professor Gigi: desportista sintonizado com os personagens que defendem a categoria – Foto (Arquivo): Márcia Cristina (JORNAL CIDADE)

 

Propositura do vereador: aprovada nas Comissões e no plenário – Imagens: Reprodução

 

Em mais uma homenagem, a criação da Comenda do Esporte Uruaçuense Edigar Andrade da Silva (Edigar Raposa)

 

Na Casa de Leis, a proposta, apresentada por Professor Gigi (PSD), foi analisada em Comissões e aprovada pelo plenário na sessão de 31 de agosto. Na época da apresentação da propositura, o vereador afirmou ao JORNAL CIDADE que seria a oportunidade para valorizar um nome de grande relevância na comunicação social de Uruaçu e da região. Explicou ser uma retribuição coletiva, com reconhecimento público, ao grande empenho que Ezecson fez à comunicação ampla, inclusive a esportiva; à cultura; e, a outras iniciativas de Uruaçu e regionais. Para o vereador, Ezecson foi um baluarte nas atividades em que atuou.

Do titular da Pasta municipal do esporte uruaçuense, Anderson Dutra, à reportagem, quando da apresentação da proposição: “Tem meu aval”.

Ao JC, Sueli Moreira de Sá, esposa de Ezecson, comentou ter valido a pena a intenção de homenagear o comunicador, torcendo ela pela aprovação. Frisando estar feliz, afirmou o mesmo sobre os filhos (Luciano, Luciene e Fernando), ao tomarem conhecimento da aprovação da honraria.

Em Uruaçu, historicamente os profissionais da imprensa não são valorizados de maneira adequada e, a homenagem é justa. As tribunas de honra, as cabines dos estádios levam nomes de pessoas do segmento da comunicação social. No Serra Dourada (capital Goiânia), por exemplo, são várias cabines, com diferentes nomes.

Vereador em primeiro mandato (assumiu em abril de 2018 no lugar de Maria das Neves [cassada pela Justiça]) e candidato à reeleição em 2020, Professor Gigi, formado em Pedagogia e Educação Física, também é pastor (Igreja do Evangelho Quadrangular), pequeno produtor rural, pai de família, foi jogador (um bom goleiro) amador e profissional, é professor em sala de aula e na quadra, é treinador e milita com afinco nessas áreas. Um dos mais profundos amantes de diferentes modalidades, é categórico em afirmar e relembrar que, além do fator saúde, o esporte ajuda encaminhar crianças, adolescentes, jovens, adultos e até idosos para o caminho do bem.

Utilizado por profissionais da imprensa esportiva, a área das cabines de transmissão receberá o nome dele, comunicador com atuação abrangente – através de rádios, jornais (editor do jornal O Regional), assessoria de imprensa e listas telefônicas.

Graduado em Geografia, era também escritor, historiador, poeta, palestrante e criador da Academia Uruaçuense de Letras e Artes Poetisa Izaura Charles Dantas.

Falecido em 24 de maio de 2019, aos 68 anos, Ezecson foi quem convenceu Luiz Lourenço Moreira, proprietário da então rádio Educadora (que se transformou na Lago Dourado, depois extinta), a lidar com transmissões esportivas, em trabalho pioneiro que contou com participações ímpares igualmente de Gilson César de Carvalho (radialista/cronista esportivo; há anos radicado em Itumbiara-GO) e o saudoso também radialista Adalício Moreira de Souza (Arapuca [irmão do popular Luiz Pauferro]).

Tais jornadas esportivas foram benéficas para Uruaçu e a região, elevando seus nomes para outros rincões. Não somente em busca de comissões de vendas, mas por paixão, torcida por uma emissora cada vez melhor e visando ver o futebol local em nível superior, o mesmo ajudava conseguir patrocínios, cotas publicitárias para as transmissões esportivas.

 

‘Comenda’

Em junho, Professor Gigi havia proposto também a criação da Comenda do Esporte Uruaçuense Edigar Andrade da Silva (Edigar Raposa), nome de homenagem a ser concedida, via decreto do Poder Executivo, para desportistas locais pesquisados, avaliados por Comissão a ser constituída pela Prefeitura.

Segundo o vereador, uma homenagem justa anual, diante tão importantes militantes esportivos da cidade de Uruaçu. Houve a aprovação e o parlamentar vive expectativa em relação ao ato de entrega pioneiro de tais honrarias.

No futebol amador uruaçuense, Edigar Raposa foi destacado treinador do Vasquinho nos anos 1970 e 1980. Depois, esteve empenhado em ajudar outros times. “Era uma pessoa de fácil acesso, atenciosa e que contribuiu muito com o futebol de nossa cidade”, lembra Professor Gigi.

 

(Jota Marcelo. Com atualizações)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!