Decisão judicial define: permanece diretoria do SINDIURUAÇU E REGIÃO. Marinho é o presidente

Nota de Esclarecimento do SINDIURUAÇU E REGIÃO datada de 31 de janeiro, publicada em rede social, reafirma e informa que a diretoria da entidade permanece legalmente no comando, atendendo decisão judicial da Justiça do Trabalho. Mário Ribeiro Filho (Marinho) prossegue na presidência. Confira, em duas páginas.

 

Imagens e, foto da página principal (Arquivo): Divulgação

 

 

Antes, o Sindicato dos Servidores Públicos de Uruaçu e Região já havia comunicado:

DECISÃO JUDICIAL de-ter-mi-na: MANDATO DA ATUAL DIRETORIA É PRORROGADO ATÉ A DATA DO TRÂNSITO EM JULGADO DE SENTENÇA. Leia a DECISÃO JUDICIAL DA JUSTIÇA DO TRABALHO.

LEGALMENTE e através de DECISÃO JUDICIAL, Mário Ribeiro Filho (Marinho) permanece na presidência do SINDIURUAÇU E REGIÃO.

Há os que cumprem DECISÃO JUDICIAL e o que não cumprem. Para cada caso e cada comportamento, resulta-se uma consequência legal.

A consequência legal também vai de encontro, futuramente, aos que incitam e são incitados atuarem sem legitimidade.

A atual presidência não provocou tumulto qualquer, não causou transtorno algum. O que ocorreu recentemente, inclusive problemas envolvendo o plano de saúde do IPASGO, resulta de ação movida por terceiros. Ação que a presidência ganhou na Justiça do Trabalho em Uruaçu.

Continua o trabalho presidencial, com seriedade integral, com responsabilidade total e sempre em defesa dos servidores públicos de diferentes Municípios.

No mais, cumprindo a DECISÃO JUDICIAL (aqui publicada), é aguardar a data do trânsito em julgado da sentença na Justiça, em Goiânia e, se necessário, em Brasília.

Quando, em que ano será essa data? O tempo dirá.

Surgindo essa data, certamente a eleição para nova diretoria e novo Conselho Fiscal do Sindicato será convocada de imediato pela atual presidência.

O presidente do Sindicato, Mário Ribeiro Filho (Marinho) e, o SINDIURUAÇU E REGIÃO jamais deixaram de cumprir DECISÃO JUDICIAL. Nem todas as pessoas procedem assim e acabam descumprindo.

 (Comunicado Público)

 

(Jota Marcelo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!