Chiquinho é reeleito presidente da Câmara Municipal de Uruaçu

Ao receber oito votos, vereador conquista a presidência da Casa de Leis pela terceira vez, adiantando que não medirá novos esforços para qualificar ao máximo o Poder Legislativo, em defesa da municipalidade e da população uruaçuense.

 

Chiquinho: presidente da Câmara Municipal em 2009, 2021 e, reeleito para 2022 – Fotos, inclusive a da página principal: Márcia Cristina/JORNAL CIDADE

 

Em 2022, o vereador Francisco Carlos de Carvalho (Chiquinho) (PSL) dirigirá novamente a mesa diretora do Poder Legislativo de Uruaçu, Norte de Goiás.

Reeleito presidente durante sessão ordinária da noite de 25 de outubro, somando oito votos, ele afirmou anteriormente ao JORNAL CIDADE que se esforçará ainda mais, desenvolvendo trabalho cada vez mais eficiente que o anterior e o atual.

Não houve chapa única e, apesar de a votação ser secreta a identificação da contabilidade dos votos é de fácil compreensão.

De grande ligação com o grupo político de Gustavo Mendanha (sem partido), prefeito de Aparecida de Goiânia e novo integrante da base do prefeito Valmir Pedro (PSDB), Jullison de Souza (Gordin  Eventos) (Cidadania) votou em Chiquinho (ambos, colegas de chapa), que recebeu votos também de Célia Bueno (PSL), Domingas Quilombola (Solidariedade), Edimar Elias (Republicanos), Edivaldo França (Republicanos), Fábio Vasconcelos (Solidariedade) e Paulo Cantor (PSD).

 

Concorrente

Em segundo lugar, disputando democraticamente, com respeito e hombridade, ficou Rony Piettro (Democratas), que obteve cinco votos.

Além do próprio sufrágio, Piettro foi votado por parlamentares da base da gestão estadual: Bia (Cidadania), Eloi dos Santos (Democratas), Jhonatha Fernandes (Podemos) e Michel Mindlin (Democratas).

 

Mesa 2022

A nova mesa diretora assim será composta, de 1º de janeiro em diante:

Presidente: Chiquinho

Vice-presidente: Gordin Eventos

Primeira-secretário: Domingas Quilombola

Segunda-secretário: Célia Bueno

Primeiro suplente: Fábio Vasconcelos

Segundo suplente: Edimar Elias

 

Discursos

No discurso, após a realização da eleição, Chiquinho reverenciou uma vez mais a família, algo que o mesmo não abre mão, ao mesmo tempo registrando gratidão aos parentes. Igualmente, agradeceu os vereadores aliados na eleição da mesa e, enalteceu o colega com quem disputou, juntamente com os demais.

“Fiquei orgulhoso de ver vocês participando aqui hoje”, disse aos colegas opositores de pleito interno, categorizando que eles valorizaram a sua eleição.

Vamos continuar ajudando o prefeito Valmir Pedro administrar Uruaçu. Também, o governador Ronaldo Caiado [Democratas] e, a bancada goiana no Congresso, conseguindo emendas para o nosso Município junto ao Governo de Goiás e em Brasília”, manifestou, completando estar na presidência sem vaidade.

Também usando a palavra na sessão, Rony Piettro pontuou ser motivo de honra participar de mais um momento democrático, parabenizou e desejou sucesso para Chiquinho na nova presidência e, ainda agradeceu, parabenizou os aliados, considerados membros de um grupo unido, de respeito. Vice-presidente hoje da Câmara, Piettro narrou: “Conseguimos fazer um bom trabalho [mesa 2021], com respeito, transparência. Hoje eu não me considero um derrotado, me considero um vitorioso, pois tirei o medo de disputar. Respeito o posicionamento de cada um. Vamos comemorar a sua vitória, vamos sorrir [disse, se voltando ao colega Chiquinho]. Tudo tem um sentido e tudo tem um propósito”, opinou.

Reportagem mais ampla focando o assunto será publicada pelo JC no site e na edição impressa da quinzena 16 a 31/10/21.

 

(Jota Marcelo. Com atualizações)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!