CULTURA & EDUCAÇÃO

DIVERSOS

‘TEMPO’ (Itaney Campos)

Haverá um tempo que não verás,

um tempo que não virá,

um tempo antes do tempo,

sem templos, sem medidas,

senão a dimensão da alma.

Um tempo que flui no rio dos nossos sonhos,

tempo em que se colherão estrelas no chão

e todas as formas de amor serão celebradas.

Haverá um tempo anterior,

deslizando com delicadeza pelos olhos dos homens

e cicatrizando as dores das mulheres.

Haverá um tempo de tréguas,

em que a poesia será uma dádiva universal.

Nesse tempo, todos os medos fenecerão,

estiolados por si mesmos.

A praga não será mais que uma memória indesejada.

Ninguém saberá de naufrágios.

Tu emergirás do anverso do espelho,

da calma do lago mais fundo,

das dobras da noite mais silente.

Haverá um tempo além do tempo,

guardado nos túneis dos nossos desejos.

Haverá um tempo em que,

sem saberes,

te amarei com a grave serenidade dos pássaros…

 

Itaney Campos é desembargador, escritor e, membro da Academia Goiana de Letras (AGL) e da Academia Uruaçuense de Letras (AUL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!