RETRATO EMPRESARIAL

JORNAL CIDADE

Presidente da Codego visita Uruaçu nesta terça 19 de novembro

Ozires Ribeiro Silva destaca que a regularização abre oportunidades para novos investimentos com segurança jurídica – Foto: Márcia Cristina/JORNAL CIDADE

 

Presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), Marcos Cabral tem agenda na manhã de terça-feira 19 de novembro, em Uruaçu. Durante reunião, marcada para 7h30, na sede da empresa AGT-LOG Logística e Cargas, pertencente ao empreendedor Ozires Ribeiro Silva, o auxiliar do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (Democratas) e, empresários com negócios no Distrito Agroindustrial de Uruaçu (DAIU) debaterão questões diversas, com a pauta central ficando por conta da regularização de imóveis do local pertencente ao Governo de Goiás. Eles integram a Associação dos Empresários do Pólo Industrial de Uruaçu (Adepiu).

Segundo Ozires, trata-se da vontade de 100% dos empresários, haja vista que a regularização abre oportunidades para novos investimentos com segurança jurídica. Ele salienta que a tão aguardada assinatura da chamada Carta de Regularização Fundiária do DAIU tende se tornar realidade o quanto antes, em empenho do empresariado, aliado ao interesse e devido a boa vontade de Caiado e de Cabral, que assumiu a presidência em 4 de outubro, após nove meses no comando da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS).

 

A empresa

De economia mista sob controle acionário do Estado, jurisdicionada à Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviços de Goiás (SIC), a empresa tem a meta de promover o desenvolvimento econômico mediante o desempenho de atividades de fomento para diversificação da economia, a geração de empregos e renda e a preservação do meio ambiente.

Também em dados da Codego, administrando hoje 35 Distritos, a empresa ‘ainda é a responsável em projetar e implantar, direta ou indiretamente, novas áreas industriais e prestar assessoramento técnico ao governo estadual e aos Municípios, nos problemas referentes à instalação de indústrias e suas implicações. Além disso, tem competência para prestar assessoria técnica às empresas que pretenderem se instalar nas áreas industriais sob sua gestão, como projetos de viabilidade técnica, econômica e projetos de engenharia.’.

 

 

(Jota Marcelo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!