Editor-Chefe: Jota Marcelo

Uruaçu, Estado de Goiás, 13 de outubro 2019

CULTURA & EDUCAÇÃO

DIVERSOS

‘Onde você está?’ – Ezecson Fernandes de Sá

Ezecson Fernandes de Sá – Foto: Jota Marcelo/Jornal Cidade (Arquivo)

O tempo passa tão rapidamente!

Quantos anos se passaram!

Quanto tempo…

Tudo passa,

Só não passa esta saudade

Do que passou entre nós. Um detalhe aqui,

Outro ali,

Uma lembrança acolá,

Longe do mundo,

Estivemos vivendo a vida,

Sonhando sonhos impossíveis

Como a crer que tudo fosse eterno.

Se um dia juramos amor,

Não imaginávamos que pudesse ele virar saudade.

Quantas emoções!

À nossa volta, nada importava.

Somente nós existimos

Ardendo na chama daquela paixão.

Cada um era a verdade do outro.

Acreditávamos em tudo,

Tudo era riso,

Tudo era felicidade, alegria.

Não percebíamos que os dias passavam,

Que os meses iam,

Que iam os anos

E tudo ia mudando.

 

Mudando de jeito,

Se transformando;

As casas,

As ruas,

A sua rua

(Ela também ficou diferente).

As casas e as ruas ficaram mais jovens,

Mais bonitas.

Asfalto,

Arborização,

Arquitetura moderna,

Mas nós,

As pessoas,

Envelhecemos,

Caminhamos para fim,

Para a irremediável realidade

Dos abismos invisíveis.

 

Já divisamos, não muito longe,

A porta de saída,

Em cuja passagem

Haveremos de nos despedir das ilusões,

Ah!… Seria bom se estivéssemos juntos.

 

Hoje a vi,

Nos cumprimentamos com sorrisos, então fiquei a imaginar:

Onde estará você?

 

Ezecson Fernandes de Sá é natural de Jaraguá-GO e reside em Uruaçu faz décadas. É, entre outras funções, poeta. Contato: (62) 98557-0350

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!