OPINIÃO

DIVERSOS

‘EDITORIAL’ – Edição 341 (16/11/2020) – ‘Estruturas para Uruaçu. Urgente!’

Uma vez mais o JORNAL CIDADE destaca em Editorial (agora, repetido, com atualizações e adaptações) a relevância do desenvolvimento econômico regional, afinal autoridades, personalidades de áreas diversas e lideranças classistas de Uruaçu precisam se dedicar mais para com a causa, ajudando os governos estadual e federal estenderem tapetes vermelhos para investidores nacionais e estrangeiros, pois, se não é vista, Uruaçu deixa de ser lembrada, quando o assunto envolve captar estruturas para a cidade sede deste periódico – médias e grandes empresas e indústrias. Estender tapete: as picuinhas devem ceder para a união institucional nas buscas desses empreendimentos que proporcionam dezenas, centenas e milhares de empregos, com geração graúda de impostos e afins, movimentando demais a economia. Do contrário, apenas a Grande Goiânia, o Sul e o Sudeste permanecerão ganhando atenção especial para destinação de tais estruturas. É preciso pedir sequencialmente que as esferas governamentais maiores peçam, quando de contatos seus com executivos, para implantação de empresas e indústrias em Uruaçu e também em distintas cidades do Norte e Nordeste goianos.

Antes, o JC procurou um grupo de pessoas, colhendo opiniões interessantes e, uma delas foi o então senador por Goiás (hoje governador), Ronaldo Caiado (Democratas), que escreveu – atendendo pedido nosso –, o artigo Valorizar o Norte e Nordeste goianos, comentando nunca ser tarde para lembrar que o crescimento econômico pressupõe também uma evolução social, só é possível com investimentos em distintas áreas, “principalmente, em educação. Os cidadãos do Norte e Nordeste de Goiás sabem que podem contar com meu empenho para esta conquista”.

Também, Joveny Magalhães de Sá, na época presidente da Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Uruaçu (Aciau). Para a mesma, é vital “a aproximação da sociedade organizada com Governo de Goiás” e que “as regiões Sul, Sudeste e Central têm levado tudo o que o Estado oferece de melhor, justamente por falta de regionalização dos investimentos”.

Valmir Pedro, liderança político-administrativa de Uruaçu e, na oportunidade, servidor desincompatibilizado da então Secretaria de Gestão e Planejamento do Estado de Goiás (Segplan Goiás), opinou que desenvolvimento econômico regional e qualificação profissional devem andar juntos. “É importante pela distribuição de renda. Mas isso, quando você consegue provocar um desenvolvimento econômico regional mais equilibrado, existindo qualificação profissional, tendo trabalhadores da região qualificados. De forma, que seja realidade o êxito de outra região para a região que se pretenda desenvolver. Assim é possível conseguir um desenvolvimento econômico de forma que ele abranja as questões sociais também, acomodando os trabalhadores da região”, frisou Valmir, prefeito uruaçuense 2017-2020 e, neste ano candidato vitorioso ao mesmo cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!