OPINIÃO

DIVERSOS

‘Bia, ser humana carismática e bondosa’

Jota Marcelo

 

 

Nascida dia 31 de agosto de 1973 em Uruaçu, Norte goiano, Maria Abadia Martins da Costa (Bia) integra família humilde e os pais Dona Divina/Senhor Idelmar são exemplos de honradez e vida correta, sempre cuidando bem dos filhos, além de ajudarem na formação e nos cuidados de outros familiares.

Casada com Zélio Horta Dias Filho, mãe de Alexandre Martins Horta Dias e Zélio Horta Dias Neto, Bia é esposa, mãe, profissional competente e, sem perder a humildade herdada de berço, amiga do povo, sem fingimentos e sem esconder das pessoas.

Técnica em enfermagem, assistente e secretária médica e, trabalhando no período 1992-2012 no Hospital Santana (Uruaçu), hoje de nome Serra da Mesa, mantendo contatos diários com usuários, pacientes e familiares deles, vivenciou de perto o drama (mas, também alegrias!) de muitas pessoas.

Nas eleições 2012, Seu Idelmar foi eleito vereador pelo PSDB (437 votos; oitavo mais votado, num total de 13 pares) e, de maneira firme, sem abrir mão dos bons princípios cumpriu com excelência o mandato de vereador. Fruto do diálogo com a filha e pessoas próximas, ficou decidido que Bia concorreria em 2016. Algo bem interessante, face o amplo contato dela com o público, a lida diária com gente. E, claro, por Bia se comportar como ser humana extremamente sincera, atenciosa, carismática e bondosa.

Iniciativa essa – sempre contando com o apoio do pai –, de resultado exitoso, com a mesma se elegendo com 655 votos, na segunda colocação.

Trabalhando com ética, visando o de melhor para o Município, o bem-estar da população, sem aceitar opressão e não decepcionando todo o eleitorado uruaçuense, ela não mediu, não mede esforços para também atuar com perfeição máxima na legislatura em curso (2017-2020), para a qual foi eleita pelo PSDB.

O reconhecimento perante essa qualificada atuação legislativa cujo início ocorreu com o patriarca, será testado em 15 de novembro de 2020. Bia, agora pelo Cidadania, espera ser reeleita.

Entrevistada pelo JORNAL CIDADE (cuja matriz é em Uruaçu) em dezembro de 2016, disse a então vereadora eleita Bia, para a pergunta Que fatores a senhora considera mais importantes que resultaram na sua vitória?:  “Primeiramente a minha família, ao trabalho prestado pelo meu pai nesses últimos quatro anos na Câmara de Vereadores, aos meus amigos que conquistei ao longo da minha vida pessoal e profissional e, de todas as pessoas que confiaram na minha pessoa e que almejam mudanças, acreditam que buscarei o melhor para o povo de Uruaçu com muito trabalho e honestidade.”.

Quando das tratativas de 2020 para a formação de chapas para concorrerem ao cargo de prefeito/vice-prefeito, Bia teve o nome sondado para integrar uma das chapas na condição de vice. Com calma, ouviu considerações, ponderações e, tal lembrança serviu como estímulo maior para trabalhar mais e mais, com a opção de concorrer para vereadora. A política, em geral, vive sob transição e, da mesma forma que aceitou o desafio para concorrer a vereadora por duas vezes, Bia não deixa de fugir ao debate sobre possível futura pré-candidatura a vice ou a prefeita.

Dicas de leituras:

Bia: ‘Meu pai é um exemplo a ser seguido tanto na vida familiar, como na vida profissional’

 

Jota Marcelo reside em Uruaçu e é editor-chefe do JORNAL CIDADE. Contatos: (62) 98500-1331 (zap) ou jotamarcelocidade@gmail.com. Foto: Campanha/Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!