Uruaçu perde ‘Dona’ Arminda Machado Pacheco

Faleceu às 2h30 deste 5 de agosto de 2020, Arminda Machado Pacheco, conhecida em Uruaçu, entre outros motivos, por tantos anos de dedicação profissional, atuando no então Hospital Santana (hoje Serra da Mesa) e Hospital Ortopédico.

Natural de Patos de Minas, estabelecida no Norte goiano desde a década de 1970, 73 anos completados em 30 de maio, mãe de Rogério Pacheco (filho único), da Pasta do Meio Ambiente uruaçuense, Dona Arminda lidava com problemas de saúde e havia passado por tratamentos médicos em Anápolis, onde se recuperava de cirurgia cardíaca e, foi a óbito.

Madrinha de Marcello Dantas, jornalista e repórter-fotográfico filho dos editores do JORNAL CIDADE, era do ciclo de amizades da família.

 

 

Homenagem do filho

‘Minha querida Mãe, você partiu e deixou o seu amor conosco, demonstrou ser um ser humano tão amável, pura e bondosa’, publicou Rogério em rede social.

Pontuando que Dona Arminda foi exemplo de pessoa que servia com tanto carinho, mãe maravilhosa, excelente avó, amor em pessoa, humilde, mansa de coração, pessoa de fé, Rogério relembra que a matriarca sempre lutou pela família. ‘Que a senhora descanse no Senhor, agora você está junto ao Pai.’.

Segundo Rogério Pacheco, detalhes sobre o velório e sepultamento serão informados posteriormente.

 

(Jota Marcelo. Fotos, inclusive a da página principal: Arquivo de família)

  • Rosália José da Silva Moreira (Uruaçu)

    Venho através deste espaço, deixar os meus sentimentos a toda família Pacheco, com a qual tive o prazer de conviver e partilhar de grandes momentos juntos, como vizinhos no bairro JK (Uruaçu), quando por ali moramos durante três anos.
    ‘Dona’ Arminda, com seu jeitinho calmo, andar de passos firmes e ligeiros que, a qualquer momento do dia ou da noite, por várias vezes caminhava para o local a qual dedicou longos trabalhos como enfermeira, e ao mesmo tempo, conselheira, quando alguém ali estivesse desesperado. Eu posso afirmar com muito orgulho, porque acompanhei essa dedicação e carinho que ela tinha com os pacientes do Hospital Ortopédico.
    Descanse em paz Dona Arminda Pacheco.
    Que brilhe a luz eterna para ela!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!