Editor-Chefe: Jota Marcelo

Uruaçu, Estado de Goiás, 17 de novembro 2019

SINDIURUAÇU E REGIÃO em São Francisco de Goiás – Reunião de Marinho com prefeito resulta em conquistas para os servidores

Bem recepcionado pelo prefeito de São Francisco de Goiás durante audiência, presidente Marinho salientou estar em missão pacífica e, disse ser primordial o funcionalismo púbico conviver com segurança na relação de trabalho. Entre os assuntos tratados, o plano de carreiras, cargos e salários da gestão municipal para o servidor.

 

Presidente Marinho (esq.) e o prefeito Wilmar Ferreira da Silva dialogaram sobre o plano de cargos e salários do funcionalismo de São Francisco de Goiás, entre outras temáticas: justiça aos servidores – Fotos: Divulgação/Sindicato

 

Conversações para que as categorias sejam beneficiadas integralmente, por meio de direitos trabalhistas públicos. Marinho com trabalhadores públicos municipais da área da saúde

 

Sede do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS): SINDIURUAÇU E REGIÃO busca eficiência máxima para usuários e o funcionalismo público

 

Nas duas fotos do semestre inicial de abril, Marinho vasculhando documentos (leis) em arquivo da Prefeitura de São Francisco de Goiás: “Pesquisamos e fizemos levantamentos diversos. Fomos a fundo”, relembra o presidente do SINDIURUAÇU E REGIÃO

Na manhã de 3 de setembro, o SINDIURUAÇU E REGIÃO, através do presidente Mário Ribeiro Filho (Marinho), se fez representado durante reuniões em São Francisco de Goiás, um dos mais novos Municípios sindicalizados à entidade sediada em Uruaçu e que trabalha também na defesa de servidores públicos municipais de Campinorte, Nova Iguaçu de Goiás, Alto Horizonte, Mara Rosa, Amaralina, Estrela do Norte, Mutunópolis, Barro Alto, Santa Rita do Novo Destino e Nova Glória, totalizando doze localidades de diferentes regiões

Com Wilmar Ferreira da Silva (PSDB), chefe do Poder Executivo do reduto localizado no Centro Goiano, Marinho tratou de diferentes assuntos, destacando o plano de carreiras, cargos e salários da gestão municipal para o funcionalismo. “É algo muito importante, pois envolve a situação atual e futura de todo servidor. O próprio Município também sai ganhando quando corrige distorções salariais – com ganho real e reajustes justos aos trabalhadores –, e, funcionais havidas. Além de salário justo, o servidor quer que seu vínculo se estabeleça de maneira organizada”, comenta o dirigente, que fez questão de agradecer muito a atenção e o interesse do administrador, que ouviu inicialmente resumida apresentação da história e atuação do Sindicato fundado em 9 de março 1999.

Esclarecendo que estava em missão pacífica, Marinho pontua sobre o quanto é essencial os trabalhadores púbicos conviverem com segurança e, que a viabilidade disso só é possível através do envio de projeto de lei do plano para a Câmara Municipal, para tramitação, avaliação e aprovação dos vereadores franciscanos. Atendendo o pedido do presidente, o prefeito comunicou que enviará o projeto ao Poder Legislativo.

Englobando os colaboradores da Prefeitura de São Francisco de Goiás, Marinho salienta que distorções e outros procedimentos indevidos têm origens em Administrações anteriores. “Desde quando iniciamos nossas atividades nesse Município, pesquisamos e fizemos levantamentos diversos. Fomos a fundo”, acrescenta.

 

Contribuição em folha

No gabinete do prefeito, o representante dos servidores também discorreu sobre a necessidade legal de a Prefeitura de São Francisco de Goiás autorizar desconto da contribuição assistencial sindical mensal em folha de pagamento.

“O nosso intuito é que sempre os débitos sejam através de contas bancárias, sem movimentação em espécie, mas nem sempre isso é possível. Quando acontece, temos rigorosa organização e controle contábil, no caixa do Sindicato”, especifica Marinho.

Em atendimento à solicitação do SINDIURUAÇU E REGIÃO, Wilmar Ferreira da Silva respondeu que permitirá os débitos, as transferências, com autorização individual do funcionário sindicalizado.

 

Saúde

Propostas necessárias também foram debatidas, englobando a defesa dos direitos do trabalhador em geral da saúde pública de São Francisco de Goiás.

Marinho externou essa preocupação desde o início das atividades no referido Município. Uma vez mais tratando do tema, o presidente esteve reunido na mesma data com servidores da saúde – médico psicólogo e enfermeiras.

“Essa realidade de nosso cotidiano, saúde pública, é algo que merece atenção sempre e cada vez maior, com soluções efetivas, tanto abrangendo a parte do usuário, como a de todo companheiro que atua na área”, opina Marinho, que, manifesta: “Essa preocupação sobre o funcionalismo de São Francisco temos também nos demais Municípios”.

 

(Informações: ASCOM/SINDIURUAÇU E REGIÃO)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!