Segurança Pública mantém ação integrada com Ministério da Justiça no 2º turno

Operação nacional visa garantir segurança do processo democrático e dos eleitores. Em Goiás, 5,6 mil servidores participam da ação.

Em todo o Brasil, cerca de 500 mil agentes da segurança pública estão mobilizados para garantir a segurança – Foto: Secom Goiás

 

A ação conjunta das forças de Segurança Pública no 2º turno da eleição de 2022, no domingo 30 de outubro, será acompanhada em tempo real, a partir do Centro Integrado de Comando e Controle Nacional (CICCN), em Brasília. Em Goiás, as forças de Segurança Pública darão apoio à ação do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nos 246 Municípios, durante o processo democrático.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) vai empregar efetivo de 4.760 policiais, a Polícia Civil (PC) contará com 427 servidores, entre delegados, agentes e escrivães. O Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) participará da operação de coordenação nacional com efetivo de 448 militares.

Em todo o Brasil, cerca de 500 mil agentes da segurança pública estão mobilizados para garantir a segurança do eleitorado, da população. Além do grande efetivo, cerca de 70 mil viaturas, três aeronaves e nove embarcações estarão de prontidão no País.

 

Parcerias

A Operação Eleições 2022 tem como objetivo garantir a segurança dos eleitores durante o período de votação.

Além dos representantes institucionais das 27 Unidades Federativas, também participam representantes do TSE, das Polícias Civil e Militar, da Polícia Federal (PF), da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Corpos de Bombeiros Militar, do Ministério da Defesa, da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-GO) e da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).

 

(Informações: SSP-GO – Governo de Goiás)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!