Rogério Cruz lança Sistema Eletrônico de Informações (SEI), e destaca ‘modernização de processos que aprimora prestação de serviços aos goianienses’

Meta: eficiência da economia de gastos, transparência da gestão pública, mais a modernização dos processos da Administração.

Rogério Cruz: lançamento do SE, destacando “modernização de processos com vistas à otimização do atendimento ao goianiense” – Foto: Jackson Rodrigues/Secom

 

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), acompanhado pelo secretário de Administração, Eduardo Merlin, lançou, na terça 12 de abril, na sede do Centro Cultural Casa de Vidro Antônio Poteiro, o Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Projeto foi implementado pelo decreto número 4.456/2021, publicado em 23 de novembro, que determina a substituição de todos os processos físicos da Administração pela digitalização.

Implementação teve início em novembro de 2021, e passou por período de treinamento dos servidores em ambiente no Portal da Prefeitura de Goiânia. “O SEI representa agilidade, segurança e transparência. Modernização de processos aprimora prestação de serviços aos goianienses”, afirma o prefeito.

Ferramenta começará a ser operada na Secretaria Municipal de Administração (Semad), com vistas à eficiência da economia de gastos, transparência da gestão pública, e a modernização dos processos da Administração.

 

Em todas as áreas

O prefeito afirmou que os investimentos em tecnologia estão em todas as áreas. Lembrou que na Educação existe o sistema de reconhecimento facial, e está em processo de implantação a tecnologia no transporte escolar. “Também está presente no sistema de abertura de empresas, que hoje é destaque em agilidade, na digitalização dos processos da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), e na biometria facial para registro do Bilhete Único”, enumera.

Eduardo Merlin apontou que a mudança traz enormes desafios, e a possibilidade de aprimorar a prestação de serviços. “Trabalhamos com processos, sistemas e pessoas; aliás, é assim que construímos uma gestão inovadora”, diz, ao agradecer aos servidores pelo empenho. “Se o servidor cresce, a cidade se desenvolve e a população ganha”, completa.

De acordo com a diretora de Compras da Semad, Marcela Farias, “colocar o sistema em prática é necessidade da Administração, uma vez que tramitam muitos processos físicos, que passam por diversos setores”. “Agora, os processos tramitarão de forma mais célere e com mais transparência. Será um ganho também em relação à gestão de frotas, patrimônio, insumos. Enfim, é um ganho enorme para todos”, frisa.

Superintendente de Gestão de Pessoas, Graziella Flavia afirma que os servidores estão ansiosos para começar a utilizar o novo sistema. “Nos permitirá dar resposta ainda mais rápida para a população”. Já o secretário executivo, Rafael Meirelles, lembra que existem “dois galpões enormes somente para guardar arquivos, o que gera alto custo para a administração”. “É um momento histórico para a gestão”, resume.

 

(Informações: Secom – Prefeitura de Goiânia)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!