‘Pauta de costume é perfumaria’, afirma José Nelto

O parlamentar destaca que é preciso, de maneira real e honesta, trabalhar pelo Brasil. “Temos dois anos até o fim dos nossos mandatos. É mais que nossa obrigação fazer o que for necessário para o nosso País voltar a crescer”, salienta.

 

Deputado federal por Goiás, José Nelto pede quebra do monopólio do sistema financeiro – Fotos, inclusive a da página principal: Márcia Cristina (Arquivo)/JORNAL CIDADE

 

O deputado federal José Nelto, vice-líder do Podemos na Câmara Federal, espera que 2021 seja o ano de aprovar pautas de interesse do povo. Com a eleição da nova mesa diretora da Câmara dos Deputados, o parlamentar está preocupado com as pautas que podem ser priorizadas.

“Não temos que trabalhar pautas de costume, essas não interessam ao Brasil. Precisamos colocar em votação a PEC da Prisão em primeira e segunda instância, o fim do foro privilegiado, as reformas administrativa, tributária e do sistema judiciário e as pautas ambientais”, explica.

Nelto acredita que é necessário desburocratizar o Brasil, como forma de melhorar o ambiente de negócios o país. Segundo ele, é preciso “quebrar o monopólio do sistema financeiro”.

 

Fundo social e de infraestrutura

O vice-líder do Podemos retoma a defesa, que já havia feito outrora, da criação de dois fundos emergenciais. Um para atender o social e outro para a infraestrutura.

“A questão social está devastada no nosso País. Já não era boa, mas com a pandemia a situação agravou muito. Por isso defendo a criação desse fundo social, para que não falte ao povo alimentos, moradia, medicamentos, entre outros. E o da infraestrutura, que é para melhorar a infraestrutura do Brasil, gerando emprego e renda”, explica.

O parlamentar destaca que é preciso, de maneira real e honesta, trabalhar pelo Brasil. “Temos dois anos até o fim dos nossos mandatos. É mais que nossa obrigação fazer o que for necessário para o nosso país voltar a crescer”, completa.

 

(Informações: Assessoria do deputado federal)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!