‘Mostra de Teatro Nacional de Porangatu’ começa nesta quinta 16

Evento terá quatro dias e levará atrações nacionais e regionais para o Município e a região. Também são oferecidos ‘Oficinas’ e cursos de capacitação na área do teatro, dança e circo.

Mostra de Teatro Nacional de Porangatu: cultura nos palcos. Nesta imagem, espetáculo Olá Inezita – Foto: Renato Domingos/Secult

 

Espetáculo Mulheres que nascem com os filhos – Foto: Lorena Zschaber/Secult

 

Espetáculo Histórias do caixote – Foto: Divulgação/Secult

 

Grupo Teatral Limpando o Olho: uma das atrações do TeNpo – Foto (Arquivo): Marcello Dantas

 

A abertura oficial da Mostra de Teatro Nacional de Porangatu (TeNpo) será na quinta 16 de junho, às 20h, no Teatro Tatersal do Sindicato Rural (SRU) do Município. O evento, que é realizado pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), terá quatro dias de atrações culturais nacionais e regionais e, também de atividades de formação e capacitação na área do teatro, dança e circo.

Com o tema Um Olhar Sobre a Cena, esta edição conta com uma programação que reúne espetáculos locais, regionais e nacionais, performances circense e de dança, montagens infantis, além de Oficinas, palestras e mesa redonda com profissionais especialistas nas áreas de artes cênicas para capacitar os artistas, técnicos e educadores da cidade e do Estado de Goiás. A programação completa está disponível no site www.cultura.go.gov.br.

Neste ano, a Mostra está mais democrática e foi descentralizada. Dessa vez, os espetáculos e as Oficinas serão realizados em todas as regiões da cidade, inclusive nos bairros mais distantes.

 

Atividades formativas

Estão sendo oferecidas na edição 2022, 185 vagas para diversas atividades na área teatral, como dramaturgia da cena, exercícios criativos, danças urbanas, consciência corporal, malabares, acrobacias e a arte de contar histórias. As atividades são gratuitas e serão ministradas durante o eveoto, na sede do Centro Cultural de Porangatu, na Esparta Academia e no circo do Grupo Teatral Limpando o Olho (GTLO – comandado por Antônio Eckert e sediado em Uruaçu, cidade da filial do JORNAL CIDADE).

Além das Oficinas, também são oferecidas duas capacitações profissionais por meio do Colégio Tecnológico do Estado de Goiás (Cotec) Maria Sebastiana da Silva, em uma parceria com a Secretaria de Estado da Retomada.

 

Mostra

Ao longo desses 16 anos, o TeNpo abriu espaço para as produções regionais e nacionais, além de desenvolver um painel de artes cênicas no Centro-Oeste. O Festival movimenta a cultura goiana, a economia local e cria a oportunidade de popularizar as artes dramáticas, entre outros benefícios.

O investimento do Governo de Goiás nesta edição soma R$1 milhão. Esse recurso será direcionado aos cachês de R$12 mil para as apresentações e de R$10 mil para cada Oficina, além de estrutura e logística e mão-de-obra do evento.

A 17ª edição é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com corealização do Serviço Social do Comércio (Sesc Goiás) e, em parceria com a Prefeitura de Porangatu e a Secretaria de Estado da Retomada.

 

(Informações, com adaptações e acréscimo de dados: Comunicação Setorial da Secult)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!