Luto – Átila (Tilá), vascaíno de educação ímpar

Atravessando décadas e gerações, o comerciante Átila Fernandes de Carvalho se tornou personagem ímpar da comunidade de Uruaçu, com elogiável e impressionante educação e o seu Bazar Estrela, em funcionamento desde o ano de 1960. Tilá chegaria aos 88 anos em junho.

 

Átila Fernandes de Carvalho, em foto de 14 de janeiro de 2019, feita por Márcia Cristina/JORNAL CIDADE, no interior do Bazar Estrela

 

Faleceu no sábado 2 de maio, o comerciante Átila Fernandes de Carvalho. Popularmente conhecido por Tilá, recentemente esteve internado em hospital da capital Goiânia.

Vitimado por um câncer, 87 anos – completaria 88 dia 23 de junho –, deixou a inseparável esposa Maria Aparecida Rezende de Carvalho, os filhos Darlan (ortopedista), Elian (odontólogo) e Nauber (pediatra), netos, outros familiares, amigos e admiradores.

Doutor Elian atua centralizado em Uruaçu, enquanto os dois médicos são radicados em Formosa, cidade do Entorno do Distrito Federal.

 

Bazar Estrela

Avenida Tocantins, 140, Centro, endereço do Bazar Estrela: esse ponto comercial do casal Maria Aparecida/Tilá fez e faz parte da vida de milhares de pessoas… O autor dessas linhas, por exemplo, ali entrara para comprar seu primeiro caderno de desenho, sua primeira (pequena, claro!) caixa de lápis de cor, sua primeira tabuada, seus envelopes de moldura verde e amarelo… Dali saiu a única bola de futebol que ganhou em sua vida (Natal de 1978).

O Bazar Estrela de muitas utilidades, material escolar, para escritório, aviamentos… Retrós, linha para costura, agulha, zíper, muitas mercadorias mesmo (parte delas, expostas em vitrines horizontais e verticais), pois é um armarinho tradicional e de referência, inclusive para compradores de outras cidades!

Além de comerciante tradicional e pessoa honesta, de fina educação, atenciosa, Átila Fernandes de Carvalho se tornou uma pessoa marcante na história de Uruaçu. E, ele sabia muito da história uruaçuense.

Era o mais tradicional torcedor do Vasco da Gama dentro da cidade nortense.

 

(Jota Marcelo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!