‘Leão do Norte’: morre, aos 66 anos, Júlio da Retífica

Ex-prefeito de Porangatu e ex-deputado estadual, completaria 67 anos dia 22 de junho e, estava internado desde a primeira quinzena de março em Brasília, vitimado por infecção pulmonar. Ele deixa a esposa Gláucia Melo, filhos e netos.

 

Júlio da Retífica: prefeito, deputado estadual e atuação no Governo de Goiás – Foto: Divulgação/Assembleia

 

Júlio (em foto de 2017) estava internado desde a primeira quinzena de março – Fotos: Márcia Cristina/JORNAL CIDADE

 

Durante Reunião da Amunorte, entidade que presidiu

 

Com a esposa Gláucia Melo, em 2008

 

2011: juntamente com o então prefeito de Uruaçu, Lourencinho (esq.), Valmir Pedro (atual prefeito de Uruaçu) e o então governador de Goiás, Marconi Perillo – Foto: Marcello Dantas – @levephotoart

 

Em Niquelândia (2006), ladeado pelo então deputado federal Jovair Arantes

 

Com o hoje prefeito de Uruaçu, Valmir Pedro – Foto: Acervo/Valmir Pedro

 

Com Chiquinho (meio), atual presidente da Câmara Municipal de Uruaçu; e, o hoje vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota (Cidadania) (esq.)

 

Palácio das Esmeraldas, 2014: Chiquinho, Marconi, Júlio da Retífica e Vander Borges (ex-prefeito de Campinorte)

 

Com uruaçuenses, em 2008: o empresário José Francisco, mais conhecido por Zezinho do Ouro (esq.); empresário/suplente de deputado estadual Azarias Machado Neto (Machadinho); e, advogado Paulo Paiva (doutor Paulinho)

 

Com personagens da política nortense (prefeitos em diferentes mandatos): Nenzão (Campinaçu) (esq.); Nilson Preto (Mara Rosa); Lourencinho (Uruaçu); Adelino Serra (Nova Iguaçu de Goiás); Josemar Gonsalves dos Reis (Santa Tereza de Goiás); Sérgio Cardoso (de Guapó [Grande Goiânia], atual conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios [TCM]); e, Luiz Borges (Alto Horizonte) – Foto: Marcello Dantas – @levephotoart

 

Na Amunorte, porta-voz gigante do municipalismo da região Norte

 

2017: recebendo carta de crianças estudantes uruaçuenses

 

Prefeito de Porangatu nos mandatos 1997-2000 e 2001-2004; e, deputado estadual em três legislaturas, Júlio Sérgio de Melo, 66 anos, informou em rede social que estaria indo para Brasília se internar, dia 10 de março.

A família esclareceu, em diferentes ocasiões não se tratar de Covid-19, mas sim infecção pulmonar. O cardiologista Adegil Henrique Miguel da Silva, responsável pelo seu atendimento no hospital DF Star, da rede D’Or, descartou que o quadro seria do novo coronavírus e que o paciente fez tomografia, comprovando a pneumonia, causada por fungo. Isso se repetiu posteriormente.

Sua última candidatura ocorreu em 2018, para deputado estadual, não se elegendo.

Cargos públicos exercidos pelo empresário e político Júlio da Retífica: presidente da Associação Comercial Industrial Agropecuária de Porangatu (Aciap; biênio 1996-1997); presidente por duas vezes da Associação dos Municípios do Norte (Amunorte [1998 e 2002]); diretor comercial da companhia energética Celg (período de 2005 a 2006); e, secretário de Estado do Desenvolvimento Regional do Norte, entre fevereiro de 2011 e 12 de 2012.

Trabalhando, em todos os cargos, ele beneficiou os 26 Municípios do Norte, além de outros, das demais regiões. “Eu tenho a visão municipalista e atuo centrado no benefício de toda a municipalidade no nosso querido Estado de Goiás”, disse ao JORNAL CIDADE, em 2008.

A prefeita de Porangatu e atual presidente da Amunorte, Vanuza Valadares (Podemos), decretou luto oficial de três dias. A Câmara Municipal porangatuense, em nome de todos os vereadores e funcionários, lamentou ‘profundamente o falecimento do ex-prefeito. Júlio da Retifica deixou seu legado político e administrativo na história do município de Porangatu e vai ficar registrado na memória de todos.’.

 

Mineiro em Goiás

Natural da mineira Araguari, se estabeleceu em Itumbiara, Goiânia e, em seguida, no Norte do Estado, na cidade de Porangatu. Quando decidiu se tornar nortense, trancou matrícula no último período do curso de Ciências Econômicas, a então Universidade Católica de Goiás (UCG).

Atuando nos ramos de retífica (Retífica Bandeirantes de Porangatu Ltda; e, filiais no Tocantins: Gurupi e Palmas) e do agronegócio, viabilizou a geração de empregos em diferentes cidades e Estados.

Casado com Gláucia Aparecida Fernandes de Melo, tinha os filhos Júlio Sérgio de Melo Júnior, Fernanda Maísa de Melo, Mônica Cristina de Melo e Ricardo Augusto de Melo. Deixa também netas e netos. Irmão de Gláucia, Pedro Fernandes governou o Município no período 2017-2020.

Foram agendados velório, no salão do Sindicato Rural de Porangutu (a partir das 20h30) e, sepultamento, na segunda 31, às 10h.

[Leia mais na submatéria

 

Na Assembleia, atuações parlamentares destacadas

Deputado estadual em diferentes legislaturas, Júlio da Retífica obteve nas eleições 2006, 22.816 votos; 2010, 20.066; e, 2014, 27.664 (ficando com a primeira suplência).

Em dados da Assembleia Legislativa de Goiás, confira a trajetória do parlamentar.

 

16ª legislatura

Foi eleito como terceiro suplente com 22.816 votos. Assume a Assembleia pela primeira vez, como suplente do deputado Daniel Messac (PSDB), no dia 28 de agosto 2007, em razão de convocação para ocupar um cargo de secretário no Governo de Alcides Rodrigues.

Atuou na vice-presidência da Casa de Leis. E, foi suplente na Comissão do Setor Mineral; na Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos; e, na Comissão da Criança e do Adolescente da Assembleia.

 

17ª legislatura

Se elegeu como quarto suplente, tendo 20.066 votos. Em razão das eleições municipais de 2012, assumiu a cadeira como titular na Assembleia dia 1º de janeiro de 2013.

Foi presidente da Comissões Permanente de Tributação, Finanças e Orçamento; titular da de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia, Defesa dos Direitos do Consumidor, Minas e Energia; foi suplente da Comissão de Segurança Pública, Agricultura, Pecuária e Cooperativismo; foi titular da CPI da Segurança Pública; presidiu a Comissão de avaliação da LDO 2015; e, ocupou a segunda vice-presidente da Assembleia, entre setembro e dezembro de 2014.

 

18ª legislatura

Em 3 de fevereiro de 2015, assumiu a cadeira no Legislativo, em razão do licenciamento da deputada estadual Lêda Borges para assumir a Secretaria Estadual da Mulher, Desenvolvimento Social, da Igualdade Racial, dos Direitos Humanos e do Trabalho.

Dia 8 de dezembro de 2016, foi efetivado na Assembleia, uma vez que o titular, deputado estadual Valcenôr Braz, foi indicado para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).

Júlio da Retífica foi vice-presidente da Comissões Permanente de Tributação, Finanças e Orçamento; suplente na Comissão de Defesa dos Direitos do Consumidor; suplente na Comissão de Saúde e Promoção Social da Assembleia Legislativa; suplente na Comissão Defesa dos Direitos do Consumidor; titular na Comissão de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia; titular na Comissão de Habitação, Reforma Agrária e Urbana; suplente na Comissão Minas e Energia; suplente na Comissão de Organização dos Municípios; suplente na Comissão da Saúde e Promoção Social; e, suplente na Comissão de Turismo. Em 1ª de fevereiro de 2017, se elegeu primeiro secretário da mesa diretora da Assembleia, com a renúncia ao cargo do deputado estadual Helio de Sousa.

 

(Jota Marcelo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!