Editor-Chefe: Jota Marcelo

Uruaçu, Estado de Goiás, 17 de novembro 2019

Governo de Goiás amplia atendimento odontológico infantil para usuários do Ipasgo

Credenciamento suprirá demanda específica de usuários portadores de necessidades especiais, inclusive para atendimento odontológico em âmbito hospitalar sob anestesia geral.

 

Os atendimentos junto ao Instituto de Odontologia Especial (IOE), situado na rua João de Abreu, setor Oeste, em Goiânia, podem ser agendados pelos telefones (62) 3215-3658 e 99837-1002 – Imagem: Divulgação/IOE

 

O Governo de Goiás amplia os atendimentos odontológicos pediátricos para os usuários do Instituto de Assistência dos Servidores do Estado de Goiás (Ipasgo). O Instituto de Odontologia Especial (IOE) passa a integrar a rede credenciada do plano de saúde e vai oferecer serviços para crianças especiais, sobretudo do espectro autista.

O presidente do Ipasgo, Silvio Fernandes, explica que a ampliação da rede de atendimento segue a determinação do governador Ronaldo Caiado (Democratas) de levar saúde para toda a população. “Estamos trabalhando com seriedade para recuperar as finanças do nosso Instituto e, ao mesmo tempo, implantar melhorias na prestação de serviço”.

No caso destes atendimentos odontológicos, ele frisa que o credenciamento suprirá demanda específica de usuários portadores de necessidades especiais, inclusive para atendimento odontológico em âmbito hospitalar sob anestesia geral. Os atendimentos junto ao IOE, que está localizado na rua João de Abreu, setor Oeste, na capital Goiânia, podem ser agendados pelos telefones (62) 3215-3658 e 99837-1002.

A medida teve anuência do Ministério Público (MP) e vai colaborar para a redução dos processos de judicialização. Ao longo dos últimos quatro anos, o número de processos na Justiça contra o Instituto teve salto de 67,9%. A judicialização passou de 278 casos, em 2014, para 467 em 2018, quando as decisões custaram R$8,187 milhões.

 

Cortes de gastos. Aplicando medidas de economia

Segundo o presidente do Ipasgo, essa nova visão de trabalho tem como foco a transparência e o fortalecimento da rede conveniada para que os usuários tenham confiança de que serão atendidos.

“É sabido que quando assumimos a gestão, em janeiro deste ano, o Ipasgo registrava um déficit mensal de R$10,5 milhões e tinha dívidas de quase R$500 milhões com a rede credenciada, que foi paga nos primeiros três meses de gestão do governador Ronaldo Caiado. Estamos fazendo cortes de gastos e aplicando medidas de economia. Os novos convênios auxiliam diretamente na diminuição dos custos operacionais do Instituto e também melhoram de forma efetiva a prestação de serviço”, salienta.

 

(Comunicação)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!