Doutor Rodrigo Fernandes: ‘O que me move é o carinho das pessoas’

Em entrevista ao JORNAL CIDADE, o advogado Rodrigo Fernandes, pré-candidato a uma das cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, comenta: “A cada dia o que me move, pode ter certeza, verdadeiramente, é o carinho das pessoas, a receptividade que eu tenho em todo Estado de Goiás”. Leia a entrevista, também publicada na edição impressa da quinzena 1º a 15 de junho de 2022.

Doutor Rodrigo Fernandes, sobre votos: “Acredito que eles virão, primeiramente, de toda a força do Centro-Norte goiano” – Foto: Márcia Cristina/JORNAL CIDADE. Foto da home: Márcia Cristina

 

“A população quer um filho aqui do Centro-Norte na Assembleia”, salienta o entrevistado – Foto: Márcia Cristina

 

“Não existe grupo do Sindicato, existe sim, grupo de pessoas que querem ver a transformação da cidade de Uruaçu e dessas cidades coirmãs da cidade de Uruaçu”, esclarece doutor Rodrigo – Foto: César Moreira/Foto Tocantins

 

“Muitas vezes, na vida, você tem sua carreira bem sucedida, você tem sua trajetória particular, mas, eu acho que o homem vem, aqui, na Terra, enviado por algum desígnio de Deus”, observa doutor Rodrigo Fernandes, que mira vaga na Alego – Foto: César Moreira

 

Doutor Rodrigo comentando sobre o aliado Ozires Ribeiro Silva (dir.): “É um dos maiores entusiastas do nosso projeto de pré-campanha para deputado estadual! Não só ele, mas toda a base e estrutura que apoia Ronaldo Caiado em Uruaçu”. E, sobre o também Machadinho (esq.): “É uma pessoa fundamental, que está conosco nesse projeto, é essencial, foi a primeira pessoa que me convidou a sair a deputado estadual. Enfim, não existe qualquer rumor de desgaste nesse grupo nosso, que foi construído com muita solidez” – Fotos: Rede social/doutor Rodrigo

 

Doutor Rodrigo (dir.), em recente evento em Porangatu, com Carlos Donisete, presidente do Sindicato Rural da cidade nortense; Vanuza Valadares (PP), prefeita local; Zé Mário; Lissauer Vieira, preidente da Assembleia Legislativa; e, Tiago Freitas de Mendonça, secretéria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Goiás

 

O pré-candidato em reunião de 9 de junho, com lideranças e personalidades políticas e, populares da vizinha cidade de Campinorte, no Distrito de Colinaçu

 

Reunido com autoridades (juntamente com Machadinho [esq.]), lideranças e populares no Município de Amaralina, outra localidade do Norte goiano. Sobre a regionalização da Saúde Pública, destaca doutor Rodrigo: “A vinda do Hospital Regional transformou Uruaçu e todo o Centro-Norte. Somos referência em medicina no Brasil, acontecem cirurgias aqui que antes não aconteciam nem mesmo na cidade de Goiânia”

Doutor Rodrigo e Bartolomeu Braz, primeiro vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja de Goiás (Aprosoja-GO)

 

De doutor Rodrigo (nesta foto, com populares, em Uruaçu): “Nós temos uma posição geográfica extremamente importante, mas, a partir de agora, as indústrias o setor privado estão vindo fortemente para onde moramos”

 

Por que se candidatar, se tem uma agenda de compromissos, através de carreira bem sucedida na advocacia e em outros negócios?

Uma honra estar conversando com vocês, principalmente com o público do JORNAL CIDADE, de competentíssima trajetória, levando comunicação para toda a população de Uruaçu e, para o mundo, através do site e das edições impressas. Eu, na verdade, não tinha, inicialmente, nenhum plano, nem projeto momentos atrás de me candidatar a deputado estadual. Foi uma conjuntura que surgiu a partir de vários fatores, sobretudo de amigos, de aliados que eu sempre vinha acompanhando nos bastidores das políticas anteriores e, que chegaram até mim e, principalmente, enfocando o anseio da região Norte, do Centro-Norte do Estado de Goiás de ter um representante efetivamente ligado aqui, à nossa região. Nós sentimos isso, sentimos a necessidade de que a população do Centro-Norte exige uma pessoa comprometida, aqui, com a região e, não só apenas de migalhas – eu costumo dizer – de emendas. É importante dizer que esse nascimento, esse surgimento, foi justamente por isso, porque se você está participando de uma forma indireta a gente sabe que a qualquer momento pode ser chamado. Chamado pela população, chamado pelo grupo para que você coloque seu nome. Foi isso que aconteceu. Conversei bastante com toda minha família e, aí, nós decidimos. Muitas vezes, na vida, você tem sua carreira bem sucedida, você tem sua trajetória particular, mas, eu acho que o homem vem, aqui, na Terra, enviado por algum desígnio de Deus. Creio que agora chegou a hora da gente colocar o nome para apreciação em relação a essa pré-candidatura e tentar fazer o Centro-Norte mais forte.

 

Se depender da sua pessoa, a pré-campanha e a campanha transcorrerão dentro da normalidade, com o respeito e a democracia reinando?

Claro e, na verdade, toda minha vida foi pautada em respeito, sobretudo, ao cumprimento irrestrito da lei, em observância à lei, em observância aos princípios da legalidade e às pessoas. Eu sempre pautei – desde o meu nascimento, com o berço que eu tive dos meus pais –, um berço extremamente carinhoso, respeitador com as pessoas. Jamais modificaria isso, tenho certeza absoluta em que tudo que eu tratei, seja profissionalmente, seja pessoalmente, seja familiarmente, sempre foi de respeitar, de tratar bem e, acima de tudo, tendo sempre a legalidade e a normalidade como norte na minha conduta.

 

Como vem sendo a recepção quando de suas visitas?

Graças a Deus – eu até surpreendi muito –, positivamente! A gente começa, agora, a fazer mais agenda de pré-campanha, a tratar de uma forma mais política, em relação a esse projeto de chegarmos a Assembleia Legislativa. A cada dia o que me move, pode ter certeza, verdadeiramente, é o carinho das pessoas, a receptividade que eu tenho em todo Estado de Goiás. Aqui na região Centro-Norte, percebo que voluntariamente todos os dias eu recebo declarações de apoio de amigos, de pessoas e, na minha vida, nunca deixei nenhuma porta fechada. Por onde eu passei, hoje eu tenho essas portas abertas para estar tendo pessoas que reivindicam, que sabem da necessidade de ter uma pessoa proba e correta nos representando aqui, na nossa região e, no Estado de Goiás. Ou seja: na minha trajetória, no Conselho da Comunidade, seja na minha trajetória como advogado, seja na minha trajetória dentro do Sindicato Rural de Uruaçu [SRU], nos Cavaleiros de Sant’Ana e, na minha trajetória, sobretudo, dentro da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil em Goiás {OAB-GO} – Subseção Uruaçu].

 

De onde virão os seus votos?

Na verdade, eu acredito que eles virão, primeiramente, de toda a força do Centro-Norte goiano. Toda a minha trajetória profissional, da minha família, foram muito focadas na região Centro-Norte, aqui na cidade de Uruaçu e, nas cidades que são coirmãs. Costumo denominar coirmãs da cidade de Uruaçu! Então, com certeza absoluta, como sendo filho de Uruaçu, o carro-chefe da nossa pré-candidatura é na cidade de Uruaçu e nas cidades que são coirmãs, que conhecem o nosso trabalho, conhecem a nossa capacidade e, que estão cansadas de terem pessoas de outras regiões vindo aqui somente em época de eleição. Hoje, o sentimento que a gente percebe da população é esse: quer um filho aqui do Centro-Norte na Assembleia, uma pessoa comprometida exclusivamente com os interesses e os anseios aqui da nossa região. Hoje, a bola da vez e a crista da onda é a nossa região Norte, que é contemplada com a BR-153, com grandes empresas chegando, com a mineração, com o Hospital Regional [Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano {HCN}]. Atualmente, nós somos referência não só na questão da Centro regionalização. Nós temos uma posição geográfica extremamente importante, mas, a partir de agora, as indústrias, o setor privado estão vindo fortemente para onde moramos. Falta esse compromisso, falta essa dedicação de alguém que é daqui da região, que se comprometa efetivamente com as demandas daqui e vão ter especificamente os recursos destinados para esta região.

 

O fato de estar filiado no Avante pode lhe ajudar se eleger, mesmo obtendo menor quantidade de votos. A decisão de ir para o partido visou isso?

Há muitos anos, pela trajetória nossa! Seja como presidente da Subseção da OAB, representando mais de 13 Municípios, com três Comarcas de envergadura grande. Durante nove anos, três mandatos consecutivos, fizemos a coordenação e foi possível liderarmos o nosso grupo gestor da Ordem, composto de várias mãos. Eu simplesmente estava como presidente, mas é um grupo muito forte, que se dedicou e deu muitos resultados para a categoria! Há mais de 15 anos, sou diretor jurídico do Sindicado Rural de Uruaçu – afastei recentemente por causa da pré-campanha –, levantando a bandeira do agronegócio. Temos um trabalho dedicado, seja na fundação e, é importante dizer que fui fundador dos Cavaleiros de Sant’Ana [entidade]! Com 20 e poucos anos de idade idealizamos o projeto, 15 cavaleiros idealizaram um projeto que hoje tem mais de 1,6 mil adeptos na região toda. Estivemos na presidência, durante vários anos, do Conselho da Comunidade [Conselho da Comunidade da Comarca de Uruaçu Estado de Goiás], órgão de respeitabilidade, uma parceria com o Poder Judiciário, Ministério Público [MP], toda sociedade civil organizada e ali trouxemos muitos serviços. De tal forma, que a gente sente credenciado de chegar em todas essas cidades coirmãs e dizer: Nós já viemos aqui, nós já trouxemos algo, já provamos quem nós somos e de onde nós viemos!. Então, já provamos que temos capacidade em toda essa macrorregião Norte.

 

Em recente entrevista ao JORNAL CIDADE, o presidente estadual do Avante, Thialu Guiotti, pré-candidato a deputado federal, afirmou acreditar nas vitórias dos advogados Rodrigo Fernandes e Cláudio Brandão, ambos de ligação com Uruaçu. É uma motivação a mais?

Claro! A gente recebe todas essas notícias positivas com muita humildade, mas também com muita responsabilidade. Todos que me conhecem sabem que sou abnegado pelo trabalho, pela correção na minha vida. Eu vejo essas manifestações positivas e que endossa essa probabilidade de a gente chegar a ocupar uma vaga na Assembleia Legislativa. Muito, muito, muito positivamente recebo a afirmação do presidente do partido com muita alegria. Na verdade, quando se decide entrar em um projeto a gente tem que nutrir o sonho real de que ele se concretize. Nós sabemos das limitações da região, nós não temos mandato, nunca fui candidato em nenhum pleito eletivo, em relação à política partidária! Nunca tive [até a data da entrevista. Leia, na submatéria, sobre apoios de lideranças, tema que este periódico destacará em breve] apoio de nenhum – pode ainda até surgir –, não tenho apoio de nenhum prefeito, nenhuma autoridade de expressão. Eu sempre gostei muito de tratar a minha vida e as minhas condutas com retidão e com presteza. Não posso jamais me aventurar em um processo e enganar as pessoas. Nós fomos para um projeto dentro do Avante, que é projeto viável de eleição e, hoje dentro do número de competividade, é um partido que tem sua história, um partido de respeitabilidade. E, acima de tudo, não tem nenhum – jargão que utilizamos no meio –, peso grande, nenhuma expressão, nenhum deputado com mandato, não tem nenhuma estrutura de grupo grande. São todos nivelados, com chances reais de fazer entre dois e três deputados estaduais. Estamos dentro dessa cotação também para bater uma vaga na Assembleia.

 

O Norte goiano carece de investimentos diversos. As autoridades e lideranças não deviam ser mais incisivas, ao registrarem pedidos aos governos estadual e federal e, diante da bancada goiana no Congresso?

Sim! Agora, o que é importante deixar bem claro é a questão do compromisso com a região, a partir do momento que você tem um filho da cidade, um filho aqui das cidades coirmãs. Posso dizer que, no mínimo – quatro ou cinco dessas cidades –, eu tenho interesse direto, por intermédio de propriedades e por intermédio de ações que eu efetivamente atuo nelas e nas coirmãs –, com toda a região Norte, eu devo obrigação muito grande por conta dos meus clientes, por conta dos meus parceiros que construíram a minha vida profissional. O que é importante disso aí, a forma de você atuar perante o Governo de Goiás, governo federal, a forma de você atuar diante de suas verbas, emendas impositivas, em que o próprio deputado tem ela, muda, a partir do momento do compromisso que você faz, a partir do momento em que você tem uma pessoa filha da região, uma pessoa que nunca desviou a sua conduta, seu caráter, da retidão, da correção, não acha curva nessa pessoa, você terá, com certeza absoluta, um representante efetivo para reivindicar. Nós seremos, meu intuito é estar advogando para o Centro-Norte, meu intuito é estar advogando para as demandas necessárias, todo esse crescimento, como eu já referendei, que a região é a bola da vez, está na crista da onda. Ela precisa, automaticamente, ter quem apadrinha toda essa conduta, apadrinha do ponto de vista politicamente, agora dizendo. Nós precisamos que tenha um representante efetivo na Assembleia para que possamos ter o interesse da região levados de forma que tenha vez e voz e, aí sim, sendo atendidos nas demandas, na medida do possível. Mas, existem recursos, como as emendas impositivas, diretas do próprio gabinete do deputado. Existem recursos que podem ser canalizados direto, por intermédio da representatividade do deputado. Isso, quando se pulveriza em campanhas do Estado inteiro tem um diferencial muito grande, porque, aí, passa a ter somente parte de recurso, recurso minimizado, migalhas, como eu costumo dizer. Isso não pode acontecer na região tão importante, como o Centro-Norte goiano!

 

Em um exemplo local, é urgente a necessidade de providências envolvendo o trânsito na avenida JK (anel viário), onde são registrados frequentes acidentes. Juntar todos e pedirem ajuda ao Governo de Goiás, via Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), não seria interessante?

É fundamental! Nessas nossas andanças já fizemos várias reivindicações e é uma questão muito notória, envolvendo iluminação, sinalização. Podemos contar com o apoio de grandes pessoas dentro do próprio Governo de Goiás. O presidente [do órgão] Pedro Sales é um grande amigo de Uruaçu e que sempre tem atendido as demandas da cidade de forma muito carinhosa e atenciosa. Nós podemos fazer essa força-tarefa e, dentro do que for a legalidade, me coloco à disposição. Sobretudo, devemos entender se tratar de uma demanda que deve ser abraçada por todos nós. É uma demanda de nossa pré-candidatura e sendo eleito terá ainda mais o meu irrestrito apoio. O trecho realmente é perigoso, pessoas de Uruaçu e de fora transitam nessa via pública, envolve vidas e temos que ter essa atenção especial.

 

Também em exemplo único, no plano regional, a deficiência envolvendo grandes empreendimentos geradores de empregos e renda é um gargalo terrível. Com intermédios governamentais, o Norte não devia estender tapetes vermelhos para investidores potenciais que chegam ao Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia?

Uma das principais bandeiras de minha pré-candidatura é o fortalecimento da região, através da geração de empregos e renda. Não adianta chegar em uma família e fazer apenas o paliativo, o assistencialismo. É preciso fazer com que o pai ou a mãe de família provejam o seu lar. É importante que em cada lar haja geração de empregos e renda. Qual é o diferencial quando se tem um deputado estadual local defendendo a região? Podemos, dentro da legalidade, fazer incentivos fiscais, isenções, doações de áreas. Tudo que for possível fazer para trazermos os investidores para dentro de Uruaçu e do Centro-Norte nós vamos fazer! Hoje nossa região cresce, com o setor mineral, terciário, agronegócio. Temos que dar respaldo para esse empresariado, que é quem proporciona essas conquistas. Precisamos dá empregos e renda para a população de cada cidade. Isso, sem sombra de dúvida, será uma das bandeiras de nossa conduta.

 

É público: o embate principal por votos do eleitorado de Uruaçu em 2022 para deputado estadual está definido entre Rodrigo Fernandes e Eliane Pinheiro (PSDB). Como avalia esse cenário?

Nós colocamos nosso nome, enquanto pré-candidato a deputado estadual, por entender que agora chegou a vez da região Centro-Norte. A cidade de Uruaçu e toda a região merecem um filho da cidade, uma pessoa que tenha efetivamente compromissos com as demandas aqui da região, pessoa que seja próxima da população e chegue, almeje efetivamente uma vaga na Assembleia Legislativa. Se houver essa polarização, podem ter a certeza absoluta de que nós seguiremos com muita tranquilidade, muito respeito, como sempre fizemos em toda a nossa vida. Respeitando a legalidade, respeitando as pessoas, não tirando o mérito de ninguém, não desmerecendo ninguém. Acredito que para se alcançar os objetivos na vida não precisa destruir as pessoas, a capacidade e nem o mérito do que foi feito para a cidade e a população. É um projeto coletivo, um projeto de todos nós e vamos chegar juntos lá, pois, com certeza absoluta, o Centro-Norte será mais forte.

 

E sobre a grande quantidade de votos destinados, toda vez, para os ditos candidatos de fora?

O que se viu na última eleição e nas últimas eleições, muitas das vezes é um número muito grande de pessoas e de eleitores que destinam votos para candidatos que não são efetivamente da cidade, filhos de Uruaçu. Nós nos propusemos a concorrer porque somos filhos da região, efetivamente único filho da região que está se colocando como pré-candidatura à Assembleia Legislativa. Eu acredito muito que o eleitor está cada dia mais consciente, quem menospreza a inteligência alheia se dá com os burros na água. Tenho certeza absoluta que hoje, com acesso à comunicação, com as Redes sociais, os aplicativos, a pessoa sente que é necessário colocar alguém que tenha compromisso, que seja efetivamente enraigado na região. Não adianta votar em pessoas de fora que, trarão, como eu costumo dizer, emendas de migalhas. Precisamos ter emendas impositivas dos deputados, emendas que venham para ser destinadas especificamente para a região. Quem tem capacidade para isso é quem é filho da região, quem é filho aqui da cidade, quem tem sua história ligada ao desenvolvimento, tem sua história ligada a toda uma torcida para que dê certo aqui. A região nossa está pujante, é uma região que está na crista da onda, com geração de empregos, com a duplicação da BR-153, com o Hospital Regional, com as mineradoras. O que precisa, agora, é a gente capacitar a população, é trazer empresas robustas para que aqui empreguem, gerem renda para a nossa população, para que os pais de família tenham orgulho de dizer e bater no peito que vive em uma cidade feliz, que vive em uma região pujante e uma região acolhedora.

 

Hospital Regional, que movimenta milhões mensais…

…Com o setor de oncologia inaugurado – está previsto para julho –, vai para R$22 milhões, R$23 milhões de custo mensal, investido na cidade. Mensal! Seis meses de funcionamento do hospital, a partir de julho, equivale a toda a obra, que custou pouco mais de R$117 milhões. Então, era muito fácil fazer a obra, o difícil era pôr para funcionar! A obra, além de ter sido complementada e edificada efetivamente pelo governador Ronaldo Caiado [UB] – existia setor lá inteirinho que não tinha nem a fundação e, foi feito na gestão do Caiado… Ou seja: a parte de estrutura física –, o que é mais importante: seis meses depois!… Números… R$22 milhões vezes seis meses dá R$132 milhões. O hospital todo [a obra] foi mais de R$117 milhões.

 

É de conhecimento público que houve atritos internos na ala política uruaçuense do governador Ronaldo Caiado. Como está o seu relacionamento com Ozires Ribeiro Silva, presidente local da UB?

Não! Na verdade, o que a gente tem que traçar isso aí? Não existe isso aí, isso são narrativas que criaram, entendeu?!? Na verdade, em relação a minha pessoa, nunca teve com quem quer que seja e, é importante deixar bem claro! Eu jamais tive qualquer atrito com quem quer que seja. Às vezes, as pessoas criam narrativas destoantes da realidade, confundem alguma posição sua de tomar lado, tomar decisão. Ozires, amigo pessoal meu, é uma pessoa que eu advogo para as empresas dele há quase duas décadas, sou amigo da família dele, a minha família e a dele são muito amigas, é uma pessoa que ocupa posição importante na cidade de Uruaçu. Então, não tem! Muito pelo contrário! É um dos maiores entusiastas hoje do nosso projeto de pré-campanha para deputado estadual! Não só ele, mas toda a base e estrutura que apoia o governador Ronaldo Caiado em Uruaçu.

 

E com o Machadinho (MDB)?

Excelente minha relação com ele, também! O Machadinho é uma pessoa fundamental, que está conosco nesse projeto, é essencial, foi a primeira pessoa que me convidou a sair a deputado estadual. Enfim, não existe qualquer rumor de desgaste nesse grupo nosso, que foi construído com muita solidez. Os dois trabalham nessa pré-campanha mais do que qualquer pessoa. Eles e o grupo veem não o nome do doutor Rodrigo, na verdade enxergam esse projeto de estruturação e fortalecimento do Centro-Norte goiano. Todos estão imbuídos nesse mesmo projeto, estão trabalhando, como eu nunca vi na minha vida, para que dê certo esse projeto.

 

O chamado grupo do Sindicato Rural está 100% fechado contigo?

É importante dizer, sim – não existe isso de grupo! Às vezes, isso são denominações que têm –, da questão do Sindicato: o Sindicato é uma instituição que trabalha em prol do produtor rural! Eu fui membro do Sindicato, é o mesmo que falar o grupo, por exemplo, da OAB. Não é! Na verdade, são grupos de pessoas que querem ver o Centro-Norte mais forte. É importante desmistificar essas narrativas que criaram, não existe grupo do Sindicato, até porque lá dentro do Sindicato nós temos superintendentes que fazem parte do Município [Administração pública governamental], nós temos o vice-prefeito, que caminhou nas eleições passadas com um projeto [político] diferente. As particularidades não podem ser massificadas, não podem ser generalizadas, não existe grupo do Sindicato, existe sim, grupo de pessoas que querem ver a transformação da cidade de Uruaçu e dessas cidades coirmãs da cidade de Uruaçu. Podem ter certeza disso: é um grupo que vai chegar a Assembleia Legislativa com o ideal de fortalecimento do Centro-Norte.

 

A eleição da vez é a de 2022, mas se fala também na de 2024 por agora. Existe a possibilidade de o senhor se candidatar a prefeito daqui dois anos?

Ela é praticamente descartada, eu não tenho esse projeto, agora, pessoalmente, porque para mim, eu identifico mais com o cargo do Legislativo. Identifica com minha postura profissional, reivindicar recursos, buscar, trazer fortalecimento para a região e, o perfil do Executivo é diferenciado! Eu defendo que o grande líder desse projeto é o Machadinho, que merece ocupar esse lugar de destaque na Prefeitura de Uruaçu por conta de tudo que ele já fez, por tudo que ele fez e faz na cidade de Uruaçu.

 

Mesmo que verbal, existe, de fato, acordo para que o senhor apoie Machadinho em 2024?

O Machadinho é o principal e primeiro – é importante registrar! –, é o primeiro responsável pelo lançamento da nossa pré-candidatura, foi a primeira pessoa! Eu nem cogitava! Inclusive, falei para vários amigos, dias antes do prazo final para filiação partidária, dez dias antes, por exemplo, que não seria pré-candidato por conta de respeitar a naturalidade do grupo, que para mim, os nomes no primeiro momento eram os do Ozires, o próprio Machadinho. Eles articulavam, eles estavam na liderança! Então, jamais, jamais existiu qualquer tipo de atrito! Pelo contrário! Eu acho até estranho soar, às vezes, de alguns lugares, porque, na verdade, é narrativa de quem destrói a cidade, narrativa de quem não torce pela cidade! Ozires e Machadinho são dois grandes amigos do doutor Rodrigo! Entusiastas! Repito: o primeiro que me pediu e que me posicionou, me incentivou a sair como pré-candidato foi o Machadinho e, depois, em seguida, nós fizemos uma reunião mais ampla, onde também deliberei com o Ozires, que também hipotecou apoio. Hoje, repito, são os dois maiores entusiastas que existem nesse projeto!

 

Por que Ronaldo Caiado é a melhor opção para governador?

Primeiro, por conta de uma gestão séria, correta! O governador Ronaldo Caiado vem fazendo um trabalho no Estado de Goiás com muita honestidade, não tem nenhum rastro de corrupção, é um Governo que defende toda a correção na política e, para a nossa região, tirou do papel e tornou realidade o sonho do Hospital Regional! Atualmente, a área educacional no Estado de Goiás se transformou, os índices de violência caiu assustadoramente, hoje o cidadão e o pai de família podem andar com suas crianças nas ruas praticamente em todos os lugares, as milícias, os bandidos, a ilicitude foi afastada do Estado por intermédio de um Governo que respeita as Polícias, que trata as relações institucionais de forma harmônica e, para a região, a vinda do Hospital Regional transformou Uruaçu e todo o Centro-Norte. Somos referência em medicina no Brasil, acontecem cirurgias aqui que antes não aconteciam nem mesmo na cidade de Goiânia. Pudemos resgatar os filhos de Uruaçu que estavam esparramados pelo Brasil afora e hoje estão aqui, graças a inauguração e o efetivo funcionamento do Hospital Regional. Agora, com o setor de oncologia, passará a ter investido, um gasto mensal de investimento injetado na economia local de mais de R$22 milhões, conforme já comentei. Neste primeiro semestre, já tem mais de 800 empregos diretos, dentro do Hospital Regional. São quase R$13 milhões injetados na economia mensalmente, hoje. Então, isso é gratidão! A pessoa tem que ter gratidão com o que é certo e é correto! O que foi feito, essa transformação nesses quatro anos, nem um escândalo de corrupção, como era no passado, o Estado o tempo todo em páginas policiais, com escândalos de desvios de dinheiro, isso ceifou, isso acabou, ou seja: esse tipo de conduta tem que ser respeitada, a população não aceita mais desvio de conduta! A pessoa tem que ser, como eu disse, não pode ter curva no homem, o homem tem que ser reto!

 

Como enxerga o cenário nacional político neste momento?

Existe uma polarização muito grande, mas existe também esse anseio da população para dá um basta na corrupção. As pessoas não aceitam mais o histórico desses governantes do passado que tinham compromisso com o sujo, que tinham compromisso com o desvio, que tinham compromisso com a estrutura que era de jogar fora o dinheiro público, com o rolo da corrupção. Hoje, cada vez mais com os governantes que nós temos eu acredito que quem fez um trabalho correto e sério na política, principalmente esses que foram eleitos, com certeza serão reconduzidos por conta da estrutura de honestidade e seriedade com o trato do dinheiro público.

 

Doutor Rodrigo Fernandes está à disposição para participar de sabatinas e debates?

Sempre! Estou à disposição! O que for importante para a gente esclarecer qual é o nosso projeto, mostrar nossa conduta de vida, de onde viemos, onde queremos chegar, estou à disposição de quem quer que seja, para qualquer tipo de debate, lícito, correto e que seja transparente para a população de cada cidade.

 

Mais alguma observação?

Agradecer ao periódico e a todo o público do JORNAL CIDADE.

 

(Jota Marcelo. Com Márcia Cristina. Com atualizações)

 

[Leia mais sobre doutor Rodrigo Fernandes na submatéria

 

Apoiados por Zé Mário, doutor Rodrigo e Marussa farão dobradinha

Zé Mário, que se dedicará ao trabalho classista, envolvendo o agronegócio, é apoiador incondicional da dobradinha doutor Rodrigo Fernandes (para deputado estadual) e Marussa Boldrin (para deputada federal). Os pré-candidatos, segundo o aliado, são capacitados.

Uma das reuniões, em Uruaçu, dia 15 de junho. Zé Mário (esq.) disse ao JORNAL CIDADE que apoia doutor Rodrigo (dir.) e Marussa (centro) “com satisfação, orgulho e confiança” – Fotos: Divulgação

 

Reunião transcorreu em conjunto e com comitivas de diferentes Municípios

 

Ozires Ribeiro Silva (centro), presidente do UB uruaçuense, com Zé Mário e Marussa. Participação nas atividades do dia 15

 

Machadinho (esq.), empresário e suplente de deputado estadual, também se fez presente nas reuniões

 

Reuder Moreira (esq.), presidente do Sindicato Rural de Uruaçu; doutor Rodrigo; Solange Bertulino (MDB), prefeita de Uruaçu na Administração 2013-2016; Zé Mário; Marussa; e, Ana Paula Catoira, presidente do MDB uruaçuense

 

Segunda reunião da agenda em Uruaçu, dia 15: Zé Mário leva mensagens aos presentes, com apresentação da dobradinha doutor Rodrigo-Marussa

 

Reunião da parte noturna aglutinou vereadores; lideranças; personalidades; e, correligionários da frente que apoia o governador Ronaldo Caiado em Uruaçu

 

Doutor Rodrigo e Zé Mário com a vereadora uruaçuense Maria Abadia (Bia), do Cidadania

 

Zé Mário, doutor Rodrigo e Marussa agradeceram todos os participantes das duas reuniões

 

Doutor Rodrigo Fernandes, vereadores, outras autoridades, presidentes partidários, personalidades e populares de diferentes Municípios recepcionaram Zé Mário e Marussa Boldrin no Aeroporto de Uruaçu

 

O deputado federal Zé Mário (MDB), que anunciou dia 4 de junho, não concorrer à reeleição (conforme reportagem publicada pelo site do JORNAL CIDADE na mesma data [acesse clicando no link no final desta publicação]), conduziu diálogo entre o advogado uruaçuense doutor Rodrigo Fernandes (Avante), pré-candidato a deputado estadual e, Marussa Boldrin (MDB), pré-candidata a deputada federal.

Aliado de Zé Mário há anos, doutor Rodrigo se mostrava confiante de que o mesmo seria reeleito em 2 de outubro; compreende, respeita a decisão do amigo também do segmento do agronegócio e de muitas jornadas sindicais; e, está confiante na vitória da amiga Marussa, vereadora por Rio Verde em segundo mandato.

Presidente do Sistema Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg)/Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar Goiás)/Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária em Goiás (Ifag) (Sistema Faeg/Senar/Ifag), Zé Mário está cotado para a assumir a presidência da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), entidade da qual é vice na atualidade.

 

Zé Mário comenta sobre os dois

Falando ao JC, Zé Mário disse que ambos são pessoas de bem, têm serviços públicos prestados e, são capacitados para atuarem na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás e na Câmara Federal.

“Eleitos, eles darão sequência ao nosso trabalho em favor de diversos segmentos, envolvendo todos os Municípios de Goiás, principalmente na defesa do agronegócio, que ajuda manter o Brasil ao longo do tempo. No caso da Marussa, para dar continuidade ao nosso projeto do campo à cidade”, expôs, completando: “O doutor Rodrigo, com atuação no Sindicato Rural de Uruaçu [SRU], na OAB [Ordem dos Advogados do Brasil em Goiás {OAB-GO} – Subseção Uruaçu] – um trabalho envolvendo muitos Municípios –, também é integrante de família da mais alta tradição do Norte goiano, pessoa nova e que está disposto trabalhar na Assembleia. A Marussa, profissional também em tudo que faz, ocupa vaga na Câmara [Municipal] de Rio Verde pela segunda vez e tem toda uma experiência. Eleita, não vai decepcionar em Brasília”.

Zé Mário manifestou à reportagem que apoia “os dois aliados com satisfação, orgulho e confiança. Solicito que todos possam se juntar a nós, para atingirmos nossos objetivos, inclusive o de reelegermos o governador Ronaldo Caiado [UB], que vem desenvolvendo um trabalho sério e da mais alta qualidade, a serviço da sociedade goiana em geral. Aproveito para dizer que, em mais um mandato no Palácio das Esmeraldas, o Caiado deixará todas as portas, literalmente, abertas, ao doutor Rodrigo e a Marussa. Estou com eles 100%!”.

 

Visita a Uruaçu

Em se tratando de participação dos dois pré-candidatos aos eventos públicos, a estreia ocorreu dia 15 de junho, em Uruaçu, quando de visita conjunta de Zé Mário e dela à cidade nortense.

Na oportunidade, aconteceram duas reuniões, exatos instantes em que a dobradinha foi oficialmente anunciada, oportunidades também para que Marussa fosse apresentada como pré-pretendente aos correligionários e ao público em geral uruaçuense e Norte goiano.

Municipalista e de grande identidade com o cotidiano da municipalidade goiana e do Brasil, Zé Mário chamou atenção, falando aos presentes, ser fundamental toda uma gama de benefícios chegar mais e mais para o Centro-Norte goiano. O líder político opinou que com as atuações de doutor Rodrigo e Marussa nos Legislativos estadual e federal essa realidade será uma constância nas vidas de cada localidade.

 

2024

Para doutor Rodrigo, essa composição é perfeita, pois todos são aliados e apoiadores da chapa dos pré-governadoriáveis Ronaldo Caiado-Daniel Vilela (MDB). No âmbito da cidade de Uruaçu, as frentes políticas a que ele e Ana Paula Catoira (presidente local do MDB) pertencem também são aliadas.

Em Goiás, Caiado e Daniel presidem estadualmente seus respectivos partidos e têm aliança constituída desde setembro do ano passado. Como dois e dois são quarto, outra certeza, reunindo Uruaçu: para as eleições 2024, essa coalização terá chapa idêntica, provavelmente com Machadinho (MDB) na cabeça, com a vice ficando para um nome de sigla aliada.

 

Nota da Redação: todo esse conteúdo (reportagem principal e submatéria) também ganhou publicação na edição impressa de 1º a 15/06/2022

 

Leia também: Zé Mário foca em trabalho classista e declara apoio em Marussa para deputada federal

 

(Jota Marcelo. Com atualizações)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!