Dhone Rodrigues reassume PROS em Goiás e reafirma apoio a Caiado

Em mais uma decisão Judicial – dessa vez através do Tribunal Superior Eleitoral, no domingo 14 de agosto –, Dhone Rodrigues reassumiu a presidência do PROS no Estado de Goiás. Confira documentação do TSE.

Decisão (confira mais abaixo) do ministro Carlos Horbach: Dhone Rodrigues (2º esq.) reconduzido à presidência do PROS. Na foto acima, ele está juntamente com Caiado (3º esq.); Reginaldo Souto, tesoureiro estadual da sigla em Goiás (esq.); e, Brenno Alves (dir.), presidente do PROS em Goiânia – Foto (acima e da home): PROS Goiás. Imagens: TSE

 

O ministro Carlos Horbach justificou que Dhone Rodrigues não teve a oportunidade de se defender (no âmbito estadual) dentro do processo judicial que tem origem no PROS Nacional. O magistrado do TSE suspendeu liminarmente os efeitos ‘do ato de inativação da Comissão Provisória do PROS no Estado de Goiás’, consta na sentença de ontem, 14 de agosto de 2022.

Dhone Rodrigues Ferreira, filho do talentoso pintor e artista plástico Adson Rodrigues Ferreira (mais conhecido por Edinho Pintor) e que é natural de Uruaçu, cidade da filial do JORNAL CIDADE, havia sido substituído por Ramon Cândido.

Nacionalmente, o PROS permanece sob comando de Eurípedes Júnior. Ou seja: a decisão não envolve a direção geral do partido.

Por meio de decisões, liminares, Eurípedes Júnior (que defende aliança política com o projeto do presidenciável Lula [PT]) e Marcus Holanda (ele continua tentando reaver o comando e defende a candidatura, registrada perante o TSE, de Pablo Marçal) têm se revezado na presidência Nacional.

 

Com Ronaldo Caiado

Em Goiás, o PROS havia decidido em Convenção estadual oficializar apoio ao projeto de reeleição do governador Ronaldo Caiado (UB).

Uma vez mais, juntamente com a informação da novidade advinda do TSE, Dhone Rodrigues reafirma a decisão do apoio ao governador.

Ramon Cândido é defensor da candidatura do governadoriável Gustavo Mendanha (Patriota).

 

 

Leia também: Eurípedes Júnior reassume Pros momentos depois de ser destituído

 

(Jota Marcelo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!