Votação em todo País seguirá o horário de Brasília

Urnas ficarão abertas das 8h às 17h. Cidades em fusos diferentes devem se adaptar ao horário da capital.

Todas as Seções Eleitorais funcionarão das 8h às 17h do horário de Brasília. Cidades em fusos diferentes devem se adequar ao horário da capital federal – Foto: TSE

 

Uma das novidades nas eleições 2022 é a unificação do horário de votação em todo o País. Pela primeira vez, todas as Seções Eleitorais funcionarão das 8h às 17h do horário de Brasília. Ou seja, cidades em fusos diferentes devem se adequar ao horário da capital federal.

A mudança é decorrente de uma decisão do Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de dezembro de 2021 e incluída na Resolução TSE número 23.669.

A medida atinge todos os Municípios do Acre, de Mato Grosso, de Mato Grosso do Sul, de Rondônia e de Roraima. No Amazonas, a medida vale para os 62 Municípios que se dividem em dois fusos. Em Pernambuco, o Distrito de Fernando de Noronha também precisará se adaptar ao horário diferenciado.

 

Veja como será o horário de votação conforme o horário local:

-Acre: 6h às 15h (abre e fecha duas horas antes em relação à Brasília)

 

-11 Municípios do Amazonas: 6h às 15h

(abre e fecha duas horas antes em relação a Brasília)

[Amaturá; Atalaia do Norte; Benjamin Constant; Eirunepé; Envira; Guajará; Ipixuna; Itamarati; Jutaí; Tabatinga; e São Paulo de Olivença]

 

-Outros 51 Municípios do Amazonas: 7h às 16h (abre e fecha uma hora antes em relação a Brasília)

 

-Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; Rondônia e Roraima: 7h às 16h (abre e fecha uma hora antes em relação a Brasília)

 

-Fernando de Noronha-PE: 9h às 18h (abre e fecha uma hora após em relação a Brasília)

 

A divulgação dos resultados começará às 17h.

 

Com a unificação do horário de votação, a apuração dos resultados para todos os cargos deve iniciar a partir das 17h (da hora oficial de Brasília). Importante lembrar que a votação termina às 17h, mas eleitores que ainda estiverem na fila para votar após esse horário poderão exercer o direito ao voto.

Nas eleições anteriores, a Justiça Eleitoral começava a divulgar a apuração somente após o término do horário de votação no Acre, cujo fuso horário está duas horas atrás do fuso de Brasília. O objetivo era evitar que a difusão dos dados pudesse influenciar pessoas que votavam em localidades com Seções Eleitorais ainda em funcionamento.

 

(Informações: Comunicação/Tribunal Superior Eleitoral)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!