Editor-Chefe: Jota Marcelo

Uruaçu, Estado de Goiás, 12 de outubro 2019

Professor Alcides, sobre o Hospital Regional de Uruaçu: ‘Traremos recursos através de união da bancada goiana’

Entrevistado pelo JORNAL CIDADE, o deputado federal Professor Alcides (PP) tece comentários diversos das esferas municipal, regional, estadual e nacional.

Na Câmara dos Deputados, é titular na Comissão de Educação; suplente na Comissão de Seguridade Social e Família; e, suplente na Comissão do Esporte. Também é titular em sete outras representações, entre Comissões Especiais e Subcomissões Especiais. Ele, que chama atenção para o fato de que o sistema político do País está em geral defasado perante a sociedade e a economia, defende que a aprovação das reformas permitirá crescimento satisfatório, atraindo investimentos estrangeiros, com aumento da receita.

Sobre a BR-153, uma das principais vias de acesso à região central do País, com intenso fluxo de pessoas e mercadorias, o congressista comentou que a duplicação do trecho que liga Anápolis a Aliança do Tocantins será realidade em poucos meses, com o Ministério da Infraestrutura – dentro da atual gestão presidencial –, já tendo aprovado a obra. Quanto ao Hospital Regional, cuja obra está parada em Uruaçu, é enfático: “Infelizmente, o dinheiro foi para o ralo e não foi resolvido o problema, um Hospital que foi inaugurado duas vezes sem estar concluído! Mas, agora, vamos concluir, nessa gestão [Jair] Bolsonaro. Traremos os recursos através de uma união da bancada goiana”.

Leia sobre esses e outros assuntos, a seguir, na entrevista. Já na submatéria, iniciativas partidárias do PP, que tem se fortalecido no Estado e constituído parcerias com outras siglas, como o PMB, presidido na capital por doutor Cláudio Brandão e, em Aparecida de Goiânia por Jodeir Pereira.

 

Hospital Regional de Uruaçu: a garantia de empenho de emenda coletiva da bancada goiana no Congresso tem o apoio do Ministério da Saúde, comenta o deputado federal Professor Alcides – Fotos (inclusive a da página principal): Márcia Cristina/JORNAL CIDADE

 

Sobre a BR-153, Professor Alcides salienta: “A nossa bancada tem cobrado, o presidente Bolsonaro tem ciência da importância da duplicação, entre Anápolis e Aliança do Tocantins. Foi aprovada pela ANTT, o ministro da Infraestrutura anunciou a aprovação da concessão da duplicação e aguardamos para daqui poucos meses o início dessa obra”

 

“2019 é um ano de penúria para o governo Bolsonaro, mas, nós conseguindo implementar essas reformas, 2020 será um ano onde o governo vai começar a alçar ‘voos’. E, em 2022, ele estará ‘voando em alto e bom som’, frisa Professor Alcides, sobre a governança

 

Professor Alcides, em entrevista ao JORNAL CIDADE: óticas focando assuntos variados de todas as instâncias. “Se não tivermos educação de qualidade não vamos chegar…”

 

Professor Alcides, sobre o semestre inicial do mandato dele na Câmara Federal: “Eu avalio com muita determinação. Foi um semestre de muito sucesso, nós conseguimos fechar com R$316 milhões trazidos para Goiás. Mais de 30% vieram para minha cidade, que é Aparecida de Goiânia” – Foto: Divulgação/Assessoria

 

Curso PBL, que é o mais moderno do mundo – Certificação internacional em 2017. Professor Alcides recebe o prêmio em nome da Faculdade Alfredo Nasser (Unifan). Primeira Instituição de Ensino Superior brasileira a receber o cobiçado prêmio The Quality Awardes, entregue pela Intercontinental Union For Quality, avaliadora internacional de qualidade, com sede nos Estados Unidos – Foto: Divulgação/Unifan – Mais fotos, abaixo

 

 

ENTREVISTA

No que se refere às emendas do senhor, como avalia o semestre inicial dessa legislatura?

Eu avalio com muita determinação, porque foi um semestre de muito sucesso, nós conseguimos fechar o semestre com R$316 milhões trazidos para Goiás, desses R$316 milhões mais de 30% vieram para minha cidade, que é Aparecida de Goiânia, onde colocamos o Hospital [Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia] para funcionar, onde nós criamos um custeio desse Hospital, R$3,2 milhões. Só no HMAP, com R$3,2 milhões por mês vezes 12, já temos uma participação de R$40 milhões, mais os R$24 milhões que liberamos para a compra de equipamentos para o Hospital, que está totalmente equipado, com UTIs [Unidades de Terapia Intensiva] funcionando, seus leitos todos funcionando e, aqueles custeios que estamos trazendo extra, porque esses R$3,2 milhões é um custeio específico, para o hospital. Além desses, estamos trazendo outras verbas de custeio ao Município, como por exemplo: eu trouxe R$2 milhões agora, trouxe R$2 milhões em janeiro – são R$4 milhões –, além dos R$3,2 milhões mensais, que foi um trabalho nosso. Então, nós estamos fazendo muito pela saúde e também pela educação, que são os dois principais gargalos que temos no País.

 

Mais os recursos para outras cidades.

Sim! Diversos Municípios, inclusive Uruaçu… Com um ônibus para o transporte escolar, no valor de R$190 mil. Por enquanto. Pode anotar bem e publicar, pois, outros benefícios e, recursos para obras serão destinados para Uruaçu, querida cidade do Norte goiano! Tenho compromisso com o Estado inteiro…

 

…Em relação ao Hospital Estadual Geral e Maternidade de Uruaçu (Hemu), sabe-se que o deputado não se conforma com a situação – obra parada mais uma vez, inaugurações indevidas –, e, também está empenhado em ajudar. Comente.

Sim, perfeitamente! Nós solicitamos que fosse feito uma visita, não só da Agetop [Agência Goiana de Transportes e Obras], que é a responsável pela construção, como também do Ministério da Saúde [MS], para que, juntos, pudéssemos ter ideia do que nós vamos gastar para concluir a obra. Infelizmente, o dinheiro foi para o ralo e não foi resolvido o problema, um Hospital que foi inaugurado duas vezes sem estar concluído! Mas, agora, vamos concluir, nesse governo, nessa gestão [Jair] Bolsonaro. Traremos os recursos através de uma união da bancada goiana e, a garantia de empenho de uma emenda coletiva da bancada goiana tem o apoio do Ministério da Saúde [MS], através do ministro Luiz Mandetta. Gastaremos aproximadamente R$40 milhões para, com certeza, fazer com que o Hospital fique pronto e a gente possa inaugurar e, posteriormente nós vamos buscar os recursos para comprar os equipamentos. Esse valor R$40 milhões é só para a conclusão do Hospital. Conseguiremos recursos para os equipamentos, que ficam em torno de mais ou menos R$20 milhões.

 

Em outro tema de grande interesse, a questão da BR-153 vem ganhando novidades…

…Pode publicar que nós estamos trabalhando muito nesse sentido, estivemos com o ministro da Infraestrutura Tarcísio [Gomes de Freitas], mais de uma vez, cobrando o início de procedimentos para um novo processo licitatório. A nossa bancada tem cobrado, o presidente Bolsonaro tem ciência da importância da duplicação da BR-153, entre Anápolis e Aliança do Tocantins. Foi aprovada pela ANTT [Agência Nacional de Transportes Terrestres], o ministro anunciou a aprovação da concessão da duplicação e aguardamos para daqui poucos meses o início dessa obra, beneficiando não apenas Goiás, Tocantins, mas o País em geral. Vai oferecer mais desenvolvimento para várias regiões, incluindo no Norte goiano, onde está Uruaçu. Representa mais segurança, pois hoje é a rodovia da morte. E Uruaçu, da mesma forma outras cidades, terão duplicados seus quilômetros de trechos urbanos da BR-153. Também serão melhoradas todas as opções legais de travessia urbana da rodovia.

Nota da Redação: na publicação, o ministro afirma que a previsão é de R$7,5 bilhões de investimentos em 850 quilômetros de rodovias que integram o Norte, Centro-Oeste e Sudeste brasileiros. Ministro, que havia comentando: a BR-153 é fundamental para a Ferrovia Norte-Sul (FNS). “Cargas de grãos de Goiás são levadas pela estrada até a Norte-Sul e, depois, para exportação”, exemplificou

 

Em 2019, Uruaçu receberá edição do projeto social Unifan Na Sua Cidade?

Em outubro, provavelmente Uruaçu vai sediar. Ocasião, com a nossa equipe e parceiros locais, a exemplo do Marciell [Lázaro – presidente da comissão provisória do PP uruaçuense], para atendermos a comunidade através da prestação de diversos serviços gratuitos.

 

Com a reforma previdenciária, o governo federal obterá economia?

Perfeitamente! Nós vamos ter nesse segundo semestre, acredito que dia 5, 6 – mais tardar, dia 7 a gente consiga votar [atualização: sessão da noite de 6 para 7 de agosto resultou na aprovação do texto-base por 370 votos a 124. No 1º turno, em julho, o texto-base recebeu 379 votos a favor e 131 contra] –, a segunda votação da Previdência pela Câmara. E, enviaremos para o Senado, para que o Senado possa tomar as devidas providências. A Previdência é dolorosa, mas nós conseguimos aprovar uma Previdência menos dolorosa possível. A única coisa que me entristeceu nessa reforma é que não incluímos os Estados e Municípios, que é uma necessidade. Eu até costumo dizer que nós fizemos uma reforma meia-boca, porque deixamos os dois de fora. Entretanto, a gente vê o Senado balançando uma bandeira branca, dizendo que vai aprovar, colocá-los na Previdência. Se isso acontecer, voltará para a Câmara e chegando lá terá o meu apoio para a inclusão dos Estados e Municípios. O Brasil precisa melhorar e com economia isso é preciso. Isso é possível, inclusive, atraindo novos investimentos, lógico, através de bons resultados das reformas necessárias.

 

Como enxerga a morosidade, no Congresso, das tratativas das reformas previdenciária, tributária, além de outras?

Em relação a reforma tributária, nós temos uma equipe no Congresso trabalhando em cima disso, uma equipe mista de senadores e deputados federais. Foi criada uma Comissão Mista, queremos ver se dentro do mês de agosto a gente acerta com o Paulo Guedes [ministro da Economia] para essa emenda saia da forma que estamos pensando ou, se ele tem um novo modelo, pois o modelo que o Bolsonaro esboça e que quer, acaba com os impostos todos e, com a criação de um imposto único, que também seria para mim, para meus olhos – como empreendedor –, a melhor coisa que teríamos. Ele quer trabalhar na mesma forma do modelo americano, onde você tem realmente o imposto único e, lá, na hora que você compra, por exemplo, uma caneta, já sai o imposto da união, o imposto do Estado e o imposto dos Municípios. Quer dizer: já divide as fatias, cada um já vai para uma conta direcionada e, isso é de uma importância muito grande. Entretanto, eu vejo que não vai ser assim, nós vamos ter quatro tipos de impostos, vão excluir alguns, é ideia do presidente não cobrar IPVA [Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores] de carros, mas, é ideia do presidente também abolir uma série de coisas que eu concordo com ele, mas que a gente precisa de travar uma luta muito séria, como foi na Previdência, para que possamos conseguir fazer com que essa reforma tributária seja algo que venha resolver o problemas do País. Porque eu acredito que esse ano é um ano de penúria para o governo Bolsonaro, mas, nós conseguindo implementar essas reformas, 2020 será um ano onde o governo vai começar a alçar voos. E, em 2022, ele estará voando em alto e bom som.

 

O Norte (sede do JORNAL CIDADE) e o Nordeste goianos clamam pela instalação de grandes empreendimentos, representações que movimentariam economias locais. Por que, por inteiro, o desenvolvimento regional em Goiás não se torna uma realidade? Mais: Uruaçu pode sonhar com uma Faculdade de Medicina, implantada pelo empresário Professor Alcides?

A faculdade no Norte é algo meio complicado nesse momento. Eu vou explicar: porque sobre o atendimento SUS [Sistema Único de Saúde], que é prioridades das Faculdades de Medicina, nós temos uma fragilidade muito grande do atendimento SUS naquela região, principalmente depois de Ceres [cidade do Vale do São Patrício de Goiás]. Até Ceres, absorve, mas, depois, em diante, temos uma defasagem de atendimento público muito grande e o governo [federal] não quer instalar Faculdade de Medicina onde não haja hospitais com SUS. Inclusive, eles vão abrir o edital agora! Uma coisa que estamos lutando para acabar – Com esse tal de edital, que não funciona… Critérios rigorosos para que você possa estruturar uma faculdade bem estruturada. Se o caboclo montou a estrutura, não deu conta de tirar nota quatro, que é a nota mínima, ele tá fora. Ele tá fora! Nós estamos com vários problemas das escolas que foram criadas por aí, no governo Dilma [Rousseff]. Por quê? Devido problemas diversos que pretendente tem… Porque o cara ganha o edital, o cara que não entende nada de faculdade, fez um investimento lá e o trem não deu certo. Aprovou o curso, começou, porque a Faculdade de Medicina é uma faculdade onde você tem que fazer um investimento constante nela. Constante! Hoje nós temos nosso curso aqui, o PBL, que é o mais moderno do mundo.

 

Detalhe o que é o curso de Medicina ministrado em PBL, na sua Faculdade Alfredo Nasser (Unifan), a primeira do Brasil.

É um dos primeiros a ser implantados aqui no Brasil. Fomos nós e uma faculdade no Rio [de Janeiro-RJ]. Hoje já tem várias faculdades que passaram do sistema comum para o sistema PBL. E o sistema PBL é aquele em que o aluno tem a sua prática, que é uma necessidade a partir do primeiro período. Ele tem teoria e prática, teoria e prática até concluir o curso. Isso é de extrema importância.

Nota da Redação: no curso de Medicina, ministrado em PBL na Unifan, as aulas tradicionais são substituídas pela aprendizagem prática, na solução do problema, exatamente como faz as principais Faculdades de Medicina do mundo. A extensão universitária é feita com a abertura da Instituição para a comunidade, com prestação de serviços, no maior evento de extensão universitária da região central do Brasil. A Unifan foi a primeira Instituição de Ensino Superior (IES) brasileira a receber o cobiçado prêmio The Quality Awardes, entregue pela Intercontinental Union For Quality, avaliadora internacional de qualidade, sediada nos Estados Unidos. A certificação é um atestado mundial de capacidade entregue a empresas e marcas, atestando que a atividade dos agraciados atende com perfeição o mais rígido controle de qualidade em todos os aspectos. A certificação não atende a indicações, nem inscrições. Intercontinental Union For Quality mantém equipe de observação em diferentes continentes que acompanham as publicações sobre fenômenos que atestam capacidade anormal nas realizações de marcas e empresas com a excelência do serviço prestado. A partir da constatação do fenômeno há a investigação se realmente a publicação foi feita dentro do critério da justiça e não para agradar a Instituição autora da façanha ou alguma jogada de marketing. Comprovada a verdade da publicação e a justiça na avaliação, a Instituição autora da proeza passa ser pesquisada para ver se a qualidade apresentada no fenômeno noticiado não é um caso isolado e não sendo ocorre uma ampla pesquisa em tudo aquilo que a instituição faz, levando em consideração os critérios de checagem de qualidade para cada uma das áreas da atividade fim da empresa ou marca e se for comprovada excelência máxima em todos os segmentos da atividade, a empresa é indicada para a certificação. Saiba mais, clicando aqui

 

Com o Hospital Regional funcionando em sua plenitude, seria possível?

Ah, sim! Pois, teríamos uma melhor realidade. Uruaçu poderia ganhar a Faculdade de Medicina, que teria um trabalho, envolvimento com o Hospital Regional e com a comunidade. Uma integração com os serviços públicos de saúde da cidade e da região.

 

Formação educacional é essencial: valores humanos em alta, uma vida melhor na família e na sociedade. É isso, Professor Alcides?

O caminho é esse, é através da educação! Se não tivermos educação de qualidade não vamos chegar a isso. Hoje existem no Brasil mais de 20 milhões de brasileiros que nós chamamos de alfabetos funcionais. O que é esse alfabeto funcional? Aqueles exatamente que concluíram o segundo grau e não sabem ler e escrever. Nós tivemos um debate recentemente na Câmara [dos Deputados] com a esquerda que, diz entre aspas, ser defensora da educação. Defende é nada, defende é o bolso deles! Nós travamos uma guerra muito grande com o pessoal do PT e do PCdoB, porque eles acusam o Bolsonaro da educação ruim que nós temos e, eu falei: Oh, amigos! Deixa eu dizer pra vocês: no dia 3 se janeiro de 2003 quem que era o presidente do Brasil? Era o Lula né? Foi ele que baixou um decreto lei e esse decreto proibia reprovar as crianças que não conseguissem média, não podia reter o aluno, iam empurrando para frente, igual você empurra lixo, vão empurrando para debaixo do tapete. Então, nós temos isso aí. Eu citei alguns dados interessantes para eles, que eles não tinham conhecimento. Eu falei: Olha em 2017 nós tivemos 178.700 mil jovens que tiraram nota zero no Enem [Exame Nacional do Ensino Médio]. Não é zero na redação não! Zero, literalmente no Enem e, o Enem é uma prova de marcar x, assertiva e redação. Então, o cara não sabe marcar um x porque não dá conta de lê, não sabe fazer assertiva porque não dá conta de saber se é verdade ou falso e, também não sabe fazer uma redação. São os verdadeiros analfabetos que nós temos aqui no País. Isso tudo foi criado pelo PT.

Leia mais sobre o deputado federal Professor Alcides nas submatérias.

 

(Jota Marcelo e Márcia Cristina. Com atualizações)

 

 

Professor Alcides: ‘Essa parceria com o PMB é saudável para 2020, 2022 e para o futuro’

 

PP e PMB debatem possível aliança para 2020 em Aparecida de Goiânia e 2022 em todo o Estado de Goiás. “Nós somarmos todos os nossos esforços e fazermos com que as coisas aconteçam, logicamente vamos ter sucesso. Essa parceria com o PMB é saudável para 2020, 2022 e para o futuro. O nosso objetivo é fazer parcerias, trazer mais parceiros para que, juntos, nós possamos ter sucesso”, relatou o deputado federal Professor Alcides, entrevistado pelo JORNAL CIDADE.

 

Jodeir Pereira (esq.), novo presidente do PMB em Aparecida de Goiânia; deputado federal Professor Alcides; e, presidente metropolitano do PMB, doutor Cláudio Brandão. Do deputado: “Essa parceria com o PMB é saudável para 2020, 2022 e para o futuro” – Foto: Valdemy Teixeira/Divulgação

 

Professor Alcides e doutor Cláudio Brandão: conversações, novas e unidas ideias para 2020 e 2022 – Foto: Márcia Cristina/JORNAL CIDADE

 

Doutor Cláudio Brandão: “Se existia expectativa de acordo para estarmos juntos, apoiando o mesmo candidato a prefeito de Aparecida de Goiânia, agora, mais ainda, já trabalhamos para estarmos unidos no maior número de Municípios que for possível” – Foto: Divulgação

 

PP goiano, em ação, se fortalecendo e, firmando parceria com siglas, a exemplo do PMB: deputado federal Adriano do Baldy (esq.), senador Vanderlan Cardoso, presidente estadual Alexandre Baldy, deputado federal Professor Alcides e deputado estadual Coronel Adailton – Foto: Divulgação/PP

 

Com perfil qualificado para atuar nos Poderes Legislativo e Executivo, respeitador e respeitado, o empresário Professor Alcides (PP) é tido como quadro forte dentro de toda pré-campanha e campanha eleitoral. De forma natural, a um ano do início do pleito 2020, o nome dele é citado nos bastidores da política de Aparecida de Goiânia para disputar o cargo de prefeito do segundo maior colégio eleitoral goiano.

Eleito deputado federal pelo PP em 2018, com 88.545 votos (32.975 dentro de Aparecida), Professor Alcides tem dedicado o tempo para as atividades parlamentares no Congresso, com atuação no plenário, nas Comissões Permanentes (mais Comissões Especiais; e, Subcomissões Especiais), visitas e reuniões institucionais, na Vice-Liderança do Bloco PP, MDB, PTB e no atendimento às pessoas dos 246 Municípios que o procuram diariamente.

Político líder que é – mesmo sem exercer a presidência estadual pepista –, parte do seu tempo atual é reservado para tratativas políticas visando o próximo ano. A disputa eleitoral 2020 está tomando forma e essa qualificação do mesmo abre espaços para diálogos perante as mais diversas frentes políticas, ações desenvolvidas nas horas vagas diante de militantes políticos de todas as instâncias.

Durante reunião em 1º de agosto, com doutor Cláudio Brandão, presidente metropolitano do PMB, Professor Alcides selou a parceria PP-PMB em todas as bases de Goiás. O publicitário e jornalista Jodeir Pereira, presidente indicado, em Aparecida, pelo deputado federal, igualmente participou. ‘Vamos continuar trabalhando pelo bem de Goiás. O PMB é um partido relativamente novo e, com certeza, vai apresentar muitos nomes de qualidade para a escolha da sociedade no ano que vem’, afirma o congressista numa postagem em rede social.

 

Sucesso

Perguntado sobre a importância da somatória de forças com o PMB, tendo em vista as eleições 2020, Professor Alcides disse, em entrevista ao JORNAL CIDADE, ser fundamental “nós unirmos nossas forças políticas, para que possamos ter sucesso. Uma pessoa só faz sucesso, mas duas, três uma dezena, uma centena faz muito mais. Nós somarmos todos os nossos esforços e fazermos com que as coisas aconteçam, logicamente vamos ter sucesso. Essa parceria com o PMB é saudável para 2020, 2022 e para o futuro. O nosso objetivo é exatamente esse: fazer parcerias, trazer mais parceiros para que, juntos, nós possamos ter sucesso”.

Para a pergunta Qual é a relevância da atuação de jovens, a exemplo de doutor Cláudio Brandão, na cena política?, o congressista comentou ao JC: “Nós precisamos de políticos novos, com novas ideias, novo vigor, nova vontade, porque a política em si, os políticos estão muito desgastados. Mas, estão desgastados porque vivem numa mesmice! Se você é diferente, se você quer realmente trabalhar, se você quer realmente ser útil, isso é importante. E a comunidade sabe e reconhece o valor daquele que faz diferente”.

Professor Alcides garantiu ter compromisso com todas as regiões de Goiás, pois nelas obteve votações importantes. Inclusive em Uruaçu, onde o PP é presidido por Marciell Lázaro e, no Norte do Estado. Na ótica do deputado federal, em cada Município de Goiás devem ter nomes próprios ou aliados disputando cargos no ano 2020, seja para prefeito, vice ou vereador. Nota veiculada no Jornal Opção (Goiânia), aqui transcrita com adaptações:

PP vai bancar candidatos a prefeitos nos dez maiores Municípios goianos

Encarregado de organizar o Partido Progressista (PP) para a eleição municipal de 2020, o deputado estadual Coronel Adailton mantém diálogos constantes com o presidente estadual da sigla, Alexandre Baldy, para orientações de nomes e conduções do processo eleitoral.

O parlamentar estadual programa uma série de cursos para qualificar os candidatos a vereador e prefeitos do partido. A principal missão dada por Baldy é estruturar candidaturas a prefeito nas dez maiores cidades de Goiás.

Pelo menos nas duas maiores, pré-candidatos estão em curso de serem aprovados: o senador Vanderlan Cardoso para disputar a Prefeitura de Goiânia e, deputado federal Professor Alcides em Aparecida de Goiânia. O nome de Vanderlan foi pedido especial de Alexandre Baldy, segundo Adailton.

Em Anápolis, ainda não há um nome definido, mas o Coronel trabalha com Baldy para escolher um candidato próprio.

 

PMB

Atendendo a reportagem do JORNAL CIDADE, doutor Cláudio Brandão comentou que o PMB representa a inovação, está crescendo com qualidade e tem atenção centrada na população de cada comunidade, onde estão os problemas. “Se existia expectativa de acordo para estarmos juntos, apoiando o mesmo candidato a prefeito de Aparecida de Goiânia, agora, mais ainda, já trabalhamos para estarmos unidos no maior número de Municípios que for possível”.

Aliado e auxiliar de Professor Alcides, o experiente Jodeir Pereira assumiu a presidência do PMB da localidade coirmã da capital Goiânia no final de julho e é outro dirigente partidário que crê em aliança frutífera, inclusive com alinhamento estadual. Ele, que passou mais de uma década no comando do Podemos aparecidense, categoriza: as lideranças e autoridades que estão se juntando ao PMB e ao PP resultarão na eleição de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores no próximo ano, com a frente política chegando em 2022 com maior presença significativa.

O presidente metropolitano do PMB – sigla em Goiás presidida por Rosi Guimarães, superintendente da Mulher e da Igualdade Racial da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS) –, tem artigo publicado no site deste periódico, postado em 6 de agosto, sublinhando que o Partido da Mulher Brasileira é novo e tem pulsão de crescimento. ‘Em discussão interna, tomamos como principal meta o fortalecimento da sigla. Seja montando diretórios com líderes natos e natas, seja buscando candidatos e candidatas competitivas imbuídas de espírito público verdadeiro’, informa doutor Cláudio Brandão no texto.

Lembrando que Professor Alcides é cortês e atencioso, o advogado e médico evidencia que ‘a iniciativa culminou com o compromisso expresso dele no sentido de amparar toda a região Norte do Estado. Inclusive fomos informados que toda bancada de deputados federais goiana no Congresso já cotizou recursos de emendas para a finalização do tão sonhado Hospital Regional de Uruaçu, que deverá em breve ser inaugurado.’.

Tema que incomoda muito doutor Cláudio Brandão, ao longo dos anos, a rodovia Transbrasiliana ganha destaque no artigo: ‘Outro ponto importantíssimo é a duplicação da BR-153, essa ceifadora de vidas. Que já deveria, pela sua importância, ser ter sido duplicada. Já existem projetos de leis neste sentido, mas, parece faltar desejo pulsante em nossos líderes para aprová-los. Assim, formulamos também esse pedido ao deputado federal para comprar essa briga.’.

 

Faculdade de Medicina em Uruaçu

Já sobre o lado empreendedor particular do deputado federal, doutor Cláudio Brandão comunica ter solicitado ao mesmo para que implante em Uruaçu uma Faculdade de Medicina, conforme trecho do artigo a seguir:

Sugeri ao Professor Alcides que traga sua estrutura para nossa cidade, invista como empreendedor em nosso Município. De preferência, montando mais uma extensão de sua Faculdade Alfredo Nasser (Unifan), inovando em cursos que não existem aqui, como por exemplo: psicologia, fisioterapia, economia e por que não, medicina?

Sim, medicina.

E havendo essa possibilidade, devemos colocar o nome de Uruaçu na discussão. Já que com a inauguração do Hospital Regional, inegavelmente teremos um incremento na qualidade dos serviços médicos daqui. E nada mais justo que recebamos uma faculdade de medicina.

Por certo que isso (as faculdades) teriam o poder de transformar substancialmente a economia da região.

‘Eu quero acreditar que teremos um deputado federal vestido com nossas cores, sonhando nossos sonhos e combatendo nossos árduos combates’, atesta o presidente do PMB goianiense.

Leia o artigo completo, abaixo ou clicando aqui:

 

ARTIGO – Poder político regional em reengenharia

 

Doutor Cláudio Brandão

As forças políticas em todo País se fragmentaram. Tudo foi transformado pelo fim de ciclos históricos. Veja a atual situação do PT com seus ícones, e também a situação do PSDB – tanto em nível estadual quanto federal. Esses finais de ciclos exigem que novas acomodações e movimentações sejam requeridas.

Nosso partido, o PMB, é um partido novo, que tem a pulsão de crescimento.

Em discussão interna, tomamos como principal meta o fortalecimento da sigla. Seja montando diretórios com líderes natos e natas, seja buscando candidatos e candidatas competitivas imbuídas de espírito público verdadeiro.

E nessa seara encontramos suporte na postura séria e comprometida com os temas que tanto incomodam o País, como por exemplo, a reforma da Previdência, reforma tributária, e os temas relacionados com a mulher, como igualdade salarial, fim da violência contra a mulher e sobretudo, o combate à corrupção, uma praga tão devastadora do tecido social brasileiro. Na intenção de arregimentar forças, iniciamos tratativas com o deputado federal Professor Alcides (PP), com fito de encaminhar demandas importantes da região Norte de Goiás para que ele, por sua vez, assuma as mesmas como suas.

Fomos cordialmente recebidos, de tal sorte que a iniciativa culminou com o compromisso expresso dele no sentido de amparar toda a região Norte do Estado.

Inclusive fomos informados que toda bancada de deputados federais goiana no Congresso já cotizou recursos de emendas para a finalização do tão sonhado Hospital Regional de Uruaçu, que deverá em breve ser inaugurado.

E além, está disponibilizando à Prefeitura de Uruaçu recurso para a compra de um ônibus para transporte dos alunos – recurso esse diretamente de emendas do Professor Alcides.

Por óbvio, que ainda virão outros benefícios, pois nossa região nunca sairá da condição de esquecimento que se encontra sem uma coalizão forte e compromissada com o enriquecimento dos Municípios nortenses.

Eu sou suspeitíssimo quando se refere à defesa de Uruaçu. E sempre que puder cerrarei os punhos em defesa de nosso Município. Em Uruaçu vivi por muitos anos e fiz amigos, em Uruaçu sonhei o sonho (distante da medicina, aquela época distante), que se concretizou com muito esforço.

Em Uruaçu, enterrei meu saudoso pai José Brandão da Silva (o Batata). Enfim, sou filho desta terra e sempre vou me esforçar para ajudar nossa cidade querida.

Sugeri ao deputado federal Professor Alcides que traga sua estrutura para nossa cidade, invista como empreendedor em nosso Município. De preferência, montando mais uma extensão de sua Faculdade Alfredo Nasser (Unifan), inovando em cursos que não existem aqui, como por exemplo: psicologia, fisioterapia, economia e por que não, medicina?

Sim, medicina.

E havendo essa possibilidade, devemos colocar o nome de Uruaçu na discussão. Já que com a inauguração do Hospital Regional, inegavelmente teremos um incremento na qualidade dos serviços médicos daqui. E nada mais justo que recebamos uma faculdade de medicina.

Por certo que isso (as faculdades) teriam o poder de transformar substancialmente a economia da região.

O congressista Professor Alcides, após ouvir nossas teses, nos garantiu que pensará na possibilidade e que fará de tudo para ajudar. E isso nos deixa muito animados e esperançosos.

Outro ponto importantíssimo é a duplicação da BR-153, essa ceifadora de vidas. Que já deveria, pela sua importância, ser ter sido duplicada. Já existem projetos de leis neste sentido, mas, parece faltar desejo pulsante em nossos líderes para aprová-los. Assim, formulamos também esse pedido ao deputado federal para comprar essa briga.

Eu quero acreditar que teremos um deputado federal vestido com nossas cores, sonhando nossos sonhos e combatendo nossos árduos combates.

Por último, fiz um convite ao Professor Alcides. Convidei-o a montar um escritório político regional em nossa cidade de Uruaçu. Para trazê-lo ao centro das discussões, aproximando-o dos nossos problemas e anseios. E quanto a isso, parece que teremos novidades positivas.

Deus abençoe Uruaçu!

 

Doutor Cláudio Brandão reside em Goiânia, onde preside o PMB. E, é advogado e médico

 

(Reportagem: Jota Marcelo e Márcia Cristina)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!