Mais de R$1,9 milhão será repassado às unidades de ensino de Anápolis

Intuito é equipar as 107 unidades com recurso do Programa de Autonomia Financeira (Pafie), da Prefeitura, para retorno seguro às aulas presenciais.

 

Para receber o recurso, é necessário que cada unidade envie um Plano de Aplicação e, após análise e avaliação da Secretaria de Educação – Foto: Comunicação/Prefeitura

 

A Prefeitura de Anápolis, por meio da Secretaria Municipal de Educação, realizará novo repasse do Programa de Autonomia Financeira às Instituições Educacionais (Pafie). Mais de R$1,9 milhão serão distribuídos entre as 106 unidades de ensino e ao Centro Municipal de Apoio à Diversidade (Cemad). O objetivo do recurso é adaptar as unidades de ensino para o retorno às aulas presenciais com segurança. Para tanto, serão adquiridos equipamentos de proteção individual (EPIs) e materiais como tapetes sanitizantes, termômetros digitais, dispensers de álcool e sabão, além de lavatórios para higienização.

“Voltar às aulas presenciais de forma opcional para os pais é o nosso grande objetivo no momento. E preparar o ambiente escolar é necessário, trazendo mais segurança e conforto para os nossos estudantes. Garantir o futuro educacional das nossas crianças será sempre o foco”, destaca o prefeito Roberto Naves.

“O repasse do Pafie é mais uma estratégia para recebermos com segurança os nossos estudantes. Com a aquisição de EPIs e materiais de segurança, as unidades estarão aptas para o retorno presencial e para continuar oferecendo um ensino público de qualidade”, ressalta a secretária Eerizania Eneas de Freitas.

 

Cálculo

Para Edilene dos Santos, gestora do CMEI José Epaminondas Roriz, é motivo de muita alegria poder planejar um retorno seguro. “Estamos felizes com a perspectiva de voltarmos às aulas presenciais, tanto pela imunização dos profissionais da educação, quanto por esse novo repasse do Pafie, que vai nos permitir equipar a unidade para recebermos nossos estudantes”, diz a gestora.

Para receber o recurso, é necessário que cada unidade envie um Plano de Aplicação e, após análise e avaliação da Secretaria de Educação, é autorizada a transferência do valor, que deverá ser utilizado em até 30 dias. O cálculo para o repasse será feito de acordo com a quantidade de servidores e número de estudantes matriculados em cada unidade.

 

(Comunicação/Prefeitura)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo Protegido!!