Cooper-Rubi encerra safra 2020/2021

Usina goiana produziu açúcar, bioenergia e etanol hidratado e anidro. Além da produção de açúcar, etanol e bioenergia, a Cooper-Rubi também fabricou álcool líquido 70% para ajudar na higienização dos funcionários e da comunidade em que está inserida.

 

Unidade processou aproximadamente 11% a mais que na anterior, somando 2.033.609 toneladas de cana moída, alcançando as expectativas – Foto, inclusive a da página principal: Comunicação

 

A usina Cooper-Rubi, localizada no Vale do São Patrício, em Rubiataba-GO, encerrou a safra 2020/2021 no dia 25 de novembro. A unidade processou aproximadamente 11% a mais que na anterior, totalizando 2.033.609 toneladas de cana moída, alcançando as expectativas.

O mix da usina foi mais açucareiro (64,24%), com a produção de 2.404.972 sacas. Além de produzir energia elétrica para o próprio consumo, também foi exportado para o Sistema Interligado Nacional (SIN). A energia gerada é utilizada em todo parque fabril nas áreas industriais, oficina mecânica, sede administrativa e irrigação das lavouras.

A Cooper-Rubi também produziu etanol hidratado e anidro, 59.863 e 21.021 metros cúbicos (m³) respectivamente de sua cana moída, além de produzir 8.360 m³ de etanol anidro para a usina parceira.

“A safra 2020/2021 da unidade foi considerada excelente, comprovando que com uma equipe unida e com propósito claros, o sucesso é apenas uma consequência do planejamento”, afirma o gerente industrial, Nilson Gonçalves.

 

Sociedade

Além da produção de açúcar, etanol e bioenergia, a Cooper-Rubi também fabricou álcool líquido 70% para ajudar na higienização dos funcionários e da comunidade em que está inserida.

Foram doados mais de seis mil litros para os Municípios, Polícias, órgãos públicos em geral e a comunidade.

 

(Informações: Comunicação)

error: Conteúdo Protegido!!