Editor-Chefe: Jota Marcelo

Uruaçu, Estado de Goiás, 13 de dezembro 2018

Caiado anuncia parte do secretariado. Prefeito Marcos Cabral assumirá Desenvolvimento Social. Norte terá vez no primeiro escalão

Ronaldo Caiado, ao anunciar os nomes. Reuniões realizadas de 60 em 60 dias e, cada auxiliar será responsável, literalmente, pela sua Pasta. Hoje foi sancionada a Lei de Convalidação dos Incentivos Fiscais, razão para debates intensos – Reprodução: Facebook/Caiado

 

Marcos Cabral (esq.), anunciado titular da SEDS, deixará a Prefeitura de Santa Terezinha de Goiás, assumindo o vice Tonim Camargo (dir.) – Foto (Arquivo): Rede social

Governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) anunciou oficialmente nomes de parte do secretariado. Os auxiliares serão empossados a partir do dia 1º de janeiro de 2019, data em que o democrata assumirá.

Em entrevista coletiva, na sede do Castro’s Park Hotel (Goiânia), ele afirmou que outros nomes serão divulgados posteriormente, dentro de dezembro.

Afirmando que visa ter um secretariado diferenciado, para melhor e, citando “casamento sólido”, Caiado disse que reuniões serão realizadas de dois em dois meses e que adotará um modelo europeu de trabalho com a assessoria, com cada auxiliar sendo responsável, literalmente, pela sua Pasta. E comunicou: firmará parceria com o Sistema S, abrindo oportunidades para a realização de cursos técnicos e proporcionando mais empregos.

 

Santa Terezinha

Após quase três décadas, a região Norte terá um representante, de fato, no primeiro escalão do Governo de Goiás.

Prefeito de Santa Terezinha de Goiás, cidade nortense, Marcos Cabral (DEM) assumirá a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS), que substituiria a atual Secretaria de Estado da Mulher, Desenvolvimento Social, Igualdade Racial e dos Direitos Humanos (Secretaria Cidadã).

Com isso ele, que já havia sido prefeito nos mandatos 1997-2000 e 2009-2012, renunciará ao cargo, assumindo o vice-prefeito Antônio da Penha Machado de Camargo (Tonim Camargo [PDT]).

Confira os futuros auxiliares:

-Adriano da Rocha Lima – Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED)

-Cristiane Alkmin Junqueira Schmidt – Secretaria da Fazenda

-Wilder Morais – Secretaria da Indústria e Comércio

-Ismael Alexandrino Jr – Secretaria da Saúde

-Rodney Rocha Miranda – Secretaria de Segurança Pública

-Marcos Ferreira Cabral – Secretaria de Desenvolvimento Social

-Ricardo José Soavinski – Saneago

-Marcos Roberto Silva – Detran

-José Sóter Arantes de Fari – Operacional do Detran

 

Lei de Convalidação dos Incentivos Fiscais sancionada

Na manhã deste 11 de dezembro, foi sancionada a Lei de Convalidação dos Incentivos Fiscais, razão de debates profundos entre o empresariado e Ronaldo Caiado. Existe preocupação com o poder da gestão estadual para suspender contratos dos programas Fomentar e Produzir, mas Caiado tem pedido calma e mais diálogos.

O evento da sanção ocorreu no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, com as presenças de Caiado, de José Eliton (PSDB), atual governador e, dezenas de autoridades e empresários.

Presidente da Associação Pró-Desenvolvimento Industrial do Estado de Goiás (Adial), Otávio Lage salientou que, após as negociações, os empresários abriram mão de cerca de R$1 bilhão em incentivos fiscais para que a matéria fosse aprovada dentro do entendimento das partes envolvidas. O projeto de lei, de autoria de José Eliton, concedia reinstituição de incentivos fiscais para o setor industrial no Estado, com a meta de garantir competitividade em relação às demais Unidades da Federação, garantindo investimentos e geração de renda.

Otavinho comentou ainda que o governador eleito “fez o compromisso de manter a convalidação. Nós cedemos nesse ponto, para ajudar nesse momento difícil que passa a economia”.

 

(Jota Marcelo)

error: Conteúdo Protegido!!